Xpeng (XPEV) E Nio (NIO) recebem apoio de bancos estatais da China

ANÚNCIO

Os bancos estatais da China estão aumentando seu apoio a algumas empresas de veículos elétricos (VEs) no país. A Xpeng (XPEV), apoiada pelo Alibaba (BABA), anunciou que garantiu uma linha de crédito de 12,8 bilhões de yuans (US$ 1,98 bilhão) das principais instituições financeiras. 

Dentre as instituições chinesas que apoiam a Xpeng (XPEV), estão inclusos três dos cinco maiores bancos estatais da China, o Banco da China (601988), Banco de Construção da China (601939) e Banco Agrícola da China (601288).

ANÚNCIO

Dois dos mesmos bancos participaram de um acordo para emprestar até 11,25 bilhões de yuans para a Tesla (TSLA) no final de 2019 para o desenvolvimento de sua fábrica em Xangai, de acordo com um arquivamento junto à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA. 

Xpeng (XPEV) E Nio (NIO) recebem apoio de bancos estatais da China
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja mais: Baidu (BIDU) planeja entrar no ramo de veículos elétricos

Bancos da China estão apoiando setor de VEs

Em julho, as agências locais de quatro dos “cinco grandes” bancos concederam 10,4 bilhões de yuans em crédito a Nio (NIO) para as operações da start-up na China com base na cidade de Hefei, perto de Xangai. 

ANÚNCIO

Os participantes deste acordo incluíram o China Construction Bank (601939), o Banco Industrial e Comercial da China (601398), o Banco da China (601988) e o Banco Agrícola da China (601288), de acordo com um anúncio da Nio (NIO).

No sistema dominado pelo Estado da China, os bancos preferem emprestar para empresas estatais. Isso torna difícil para as empresas privadas obterem financiamento, a menos que consigam convencer os bancos estatais de sua capacidade de pagar os empréstimos.

O anúncio da Xpeng (XPEV) ocorre depois que a empresa levantou mais de US$ 4 bilhões no ano passado em sua oferta pública inicial (IPO) na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) em agosto e uma oferta subsequente em dezembro. As ações subiram mais de 195% desde o IPO.

ANÚNCIO

Xpeng (XPEV) está construindo nova fábrica

A start-up não divulgou detalhes sobre as condições de crédito. O acordo ajudará a empresa com sede em Guangzhou a expandir sua fabricação, vendas e serviços e outras operações, de acordo com um comunicado.

A Xpeng (XPEV) disse que começou a construir uma segunda fábrica em novembro. A empresa disse que abriu 116 lojas de varejo e 50 centros de serviço, até 30 de setembro. E a Xpeng (XPEV) revelou em setembro que está investindo no desenvolvimento de veículos voadores.

As entregas totalizaram 27 mil no ano passado, com mais da metade vindo de um novo sedã P7 que começou as entregas em massa no final de junho. A empresa acrescentou que entregou 100 unidades de seu SUV G3 para clientes na Noruega em dezembro.

Embora as entregas gerais tenham mais do que dobrado em relação ao ano anterior, os números da Xpeng (XPEV) ficaram abaixo das 43 mil entregas da Nio (NIO). Os veículos da Nio têm como alvo o segmento superior do mercado, enquanto a faixa de preços do Xpeng tem sido menor.

China busca dominância global em setores

Nas últimas duas semanas, as duas empresas anunciaram planos para novos sedãs. O novo modelo da Nio (NIO) deve chegar no primeiro trimestre do ano que vem. Xpeng (XPEV) afirma que seu sedan começará a ser entregue ainda este ano.

De acordo com o plano mestre industrial “Made in China 2025” de Pequim, os VEs são um dos 10 setores significativos nos quais a China busca uma posição de destaque em todo o mundo. O objetivo é que várias empresas locais se tornem potências globais com seus próprios pontos fortes tecnológicos.

Leia também: Proterra abrirá IPO de US$ 1,6 bilhão via SPAC

Traduzido e adaptado por equipe Folha Capital.

Fontes: CNBC e South China Morning Post.

ANÚNCIO