Xpeng (XPEV) anuncia recurso de direção autônoma

ANÚNCIO

A fabricante de carros elétricos chinesa Xpeng Motors (XPEV) anunciou um novo recurso de direção autônoma projetado para funcionar em rodovias, uma vez que aumenta o desafio para seus rivais domésticos, bem como para a Tesla (TSLA).

O recurso, chamado de Navigation Guided Pilot ou NGP, permitirá ao carro-chefe da empresa, o sedã P7, mudar automaticamente de faixa, acelerar ou desacelerar, ultrapassar carros e entrar e sair de rodovias.

ANÚNCIO

Tal recurso é parte da próxima geração do XPILOT 3.0 da Xpeng (XPEV), chamado sistema avançado de assistência ao motorista (AdAS), que a empresa espera lançar no primeiro trimestre deste ano. ADaS se refere a um sistema com alguns recursos autônomos, mas onde um driver ainda é necessário.

Xpeng (XPEV) anuncia recurso de direção autônoma
Modelo P7 da Xpeng (XPEV). Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja mais: Xpeng (XPEV) E Nio (NIO) recebem apoio de bancos estatais da China

Xpeng (XPEV) concorre com Nio (NIO) e Tesla (TSLA)

A Xpeng (XPEV) é uma das start-ups de veículos elétricos da China que busca correr à frente no crescente mercado do país enquanto enfrenta outras novatas, como Nio (NIO) e Li Auto (LI), bem como a gigante de carros elétricos Tesla (TSLA).

ANÚNCIO

As entregas em massa do sedã P7 da Xpeng, um rival direto do Modelo 3 da Tesla (TSLA), começaram em junho passado. A Xpeng (XPEV) entregou 27.041 veículos em 2020, mais do que o dobro do ano passado.

O NGP é um desafio para o ADaS autônomo da Tesla (TSLA), chamado Autopilot. Um dos recursos do piloto automático é chamado de Navegar no piloto automático, que possui funções semelhantes ao NGP da Xpeng.

As empresas chinesas de veículos elétricos estão procurando adicionar mais recursos autônomos a seus carros. A Nio (NIO) também possui seu próprio sistema denominado NIO Pilot.

ANÚNCIO

Como funciona o sistema da Xpeng (XPEV)

O motorista precisará assistir a um vídeo de segurança antes de poder ativar a função de direção em rodovias do Xpeng (XPEV). Os motoristas precisam manter as mãos no volante enquanto usam os recursos de direção autônoma do veículo.

Após assistir o vídeo de instrução, os usuários então inserem seu destino no mapa. O carro começará a realizar algumas das funções, como a mudança de faixa por conta própria.

Os motoristas receberão um aviso quando precisarem assumir o controle manual do carro, por exemplo, durante condições climáticas adversas ou um acidente na estrada.

A Xpeng (XPEV) diz que seus carros são equipados com 14 câmeras e outros sensores essenciais. O sistema de computação Xavier da Nvidia (NVDA) impulsiona o XPILOT 3.0. O recurso de direção em rodovias estará disponível na versão premium do P7 e disponível apenas para clientes na China.

Leia também: Stellantis (STLA) chega a US$ 47,3 bilhões em seu lançamento europeu

Traduzido e adaptado por equipe Folha Capital.

Fonte: CNBC e SeekingAlpha.

ANÚNCIO