WhatsApp agora conta com transações financeiras no app

ANÚNCIO

Na última segunda-feira (15), foi divulgada uma nova função para o aplicativo WhatsApp. O Brasil será o pioneiro na utilização deste serviço, para a sua implementação os desenvolvedores da plataforma contaram com a empresa Cielo.

Tudo indica que esta tecnologia veio para facilitar as operações de pagamento entre consumidor e empresário. O que irá ser uma mão na roda em tempos de pandemia, onde tudo tem sido feito virtualmente.

ANÚNCIO

Apesar do recurso ser novidade por aqui, esta funcionalidade já era utilizada pelos chineses com outra ferramenta conhecida por lá, o WeChat. A China está sempre à frente do mundo, né? Mas é hora dos brasileiros aproveitarem essa função em seus celulares.

whatsapp
Fonte:(reprodução/internet)

WhatsApp agora conta com transações financeiras no app. Entenda como funcionará o novo serviço e quais serão os benefícios para os brasileiros e para a economia do país. Veja também quais são as políticas de segurança aplicada nas operações.

Parceria Cielo e WhatsApp

A empresa brasileira Cielo conseguiu fechar uma parceria com o app para juntos trazerem uma inovação para o Brasil, efetuar pagamentos através do aplicativo de comunicação. Tudo indica que o país será o primeiro a usufruir desta tecnologia.

ANÚNCIO

Para os administradores do WhatsApp, os brasileiros são um dos povos que mais utilizam os seus recursos, tanto para relações particulares como para negociações de empresas de pequeno e médio porte.

Segundo a página G1, a aplicação é um instrumento de trabalho fundamental para os microempresários, e esta nova funcionalidade será útil até mesmo para a fomentação da economia do país.

A escolha da parceria com Cielo beneficiou muito a empresa da maquininha de cartão. Quando foi noticiada o novo recurso, suas ações dispararam e no final do dia fechou com ganhos superiores a 14%. E a estimativa é que sua valorização chegue a 4 bilhões de reais.

ANÚNCIO

Como irá funcionar?

Para os interessados fazerem as transações usando este serviço, será preciso fazer o cadastro do cartão que será utilizado na plataforma Facebook Pay. A princípio existe um teto máximo para as operações que é o valor de mil reais, podendo fazer até 20 movimentações por dia.

O limite mensal para fazer transferências e efetuar pagamentos é de 5 mil reais. A modalidade “Pay” do WhatsApp também estará disponível no aplicativo Business, que é voltado exclusivamente para negócios, nele o usuário deve ativar a opção de recebimento das transações.

E nesta última opção reside a maior vantagem para pessoas que trabalham com comércio, com ela o empreendedor não tem um limite para a realização de suas transações. Ou seja, os pagamentos oriundos das negociações podem ser de qualquer valor. Neste caso, a empresa deve se vincular aos serviços Cielo.

Conforme o seudinheiro, as movimentações feitas de pessoa física para outra será apenas no cartão de débito. Já quando se tratar de pessoa jurídica e o seu cliente as modalidades crédito e débito estarão disponíveis. Veja no vídeo abaixo como funcionará o Whatsapp Pay:

Precauções no uso do recurso

Quando falamos em finanças, precisamos ter todo o cuidado possível. Ainda mais que no Brasil o histórico de fraudes e golpes é gigantesco. Sabemos que muitas vezes a tecnologia é utilizada por usuários de má fé.

Com a nova funcionalidade para pagamentos via WhatsApp, algumas pessoas já têm se preocupado com a segurança do recursos. De fato, a comodidade de fazer pagamentos utilizando um único app é fantástico, mas por outro lado deve ser analisado.

Os administradores da plataforma garantem que existem diversas ferramentas de segurança como o cadastro digital do usuário e o número de identificação pessoal – PIN. Mesmo podendo contar com estes métodos de segurança, chamamos atenção para o redobramento dos cuidados.

O que pode ser feito com o objetivo de se prevenir de golpes? Estar mais atento às mensagens enviadas para o seu contato, não acessar links compartilhados com você e nem realizar a propagação deles e analisar minuciosamente os dados do destinatário do valor em pagamento.

Especialistas advertem que existe a possibilidade de invasão e acesso indevido aos dados da operação. Foi sugerido por profissionais, que o app reforce as diretrizes de segurança do aplicativo. Vamos aguardar para ver como isso será implementado.

ANÚNCIO