Wall Street avança com disputa acirrada pela presidência

ANÚNCIO

Nos Estados Unidos, as ações de tecnologia impulsionam as principais médias de Wall Street nesta quarta-feira (4) em meio à corrida acirrada pela Casa Branca. Apesar do otimismo, os investidores continuam preocupados com a possibilidade de um resultado contestado. 

Em uma disputa que esteve muito perto de chegar ao fim, o presidente Donald Trump e o candidato democrata Joe Biden ainda têm caminhos possíveis para alcançar os 270 votos necessários para conquistar a presidência norte-americana

ANÚNCIO

Isto porque os estados continuam contando um aumento no número de votos pelo correio, o que prolonga a expectativa já que a contagem dessas células pode levar dias para ser finalizada.

Wall Street avança com disputa acirrada pela presidência
Fonte 

Índices sobem otimistas com eleição presidencial

Pela manhã, dez dos 11 principais índices S&P operam em alta liderados pelos setores de tecnologia da informação e saúde, com investidores afirmando que as chances de os democratas terem uma grande vitória no Senado dos EUA com a eleição presidencial diminuíram.

Esta visão favorece um cenário de redução de impostos sobre ganhos de capital e outras restrições. Entretanto, especialistas como Peter Kraus, do Goldman Sachs, acreditam que uma vitória de Biden não mudaria muito o atual sistema econômico. 

ANÚNCIO

“É improvável que o Senado trabalhe num pacote de estímulo, invista em infraestrutura ou mexa na agenda de gastos fiscais e reformas tributárias”, disse Peter Kraus.

Leia mais: Bolsas da Europa ampliam ganhos em meio à eleição nos EUA.

Principais referências do mercado operam em alta

Em meio à divulgação da projeção dos estados americanos, os principais índices das Bolsas dos EUA disparam mais de 2% mostrando recuperação dos últimas perdas causadas pela segunda onda do coronavírus. 

ANÚNCIO
  • Nasdaq (IXIC): +3,87%; 
  • S&P (INX): +2,79%;
  • Dow Jones (DIJ): +2,34.

De acordo com a Reuters, enquanto Trump vencia nos campos de batalha da Flórida, Ohio e Texas, Biden voltava como favorito nos mercados de apostas online após ultrapassar o republicano no estado de Wisconsin.

Traduzido e adaptado por Equipe Folha Capital

Fonte: Reuters

ANÚNCIO