Vendas digitais da Nike (NIKE34) aumentaram 84%

ANÚNCIO

As ações da Nike (NKE) respiraram fundo depois de sua corrida recorde. As ações caíram 4% na semana passada, recuando ainda mais em relação às altas registradas em meados de dezembro.

As ações da companhia de utensílios para atletas subiram 45% nos últimos seis meses, impulsionadas por uma tendência de atletismo que se acelerou durante a pandemia, junto com uma estratégia de e-commerce que ganhou força.

ANÚNCIO

As vendas digitais de sua marca Nike (NKE) aumentaram 84% no segundo trimestre fiscal encerrado em novembro. A empresa também superou as expectativas dos analistas em relação a vendas e lucro.

Vendas digitais da Nike (NIKE34) aumentaram 84%
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja mais: Ações da Nike (NKE) disparam mais de 8% após divulgação de resultado trimestral

Analistas dizem que a Nike (NKE) tende a subir

A Nike (NKE) conseguiu aumentar sua participação no mercado global de calçados esportivos de cerca de 16,8% em 2011 para cerca de 27% em 2019. Danielle Shay, diretora de opções da Simpler Trading, diz que o desempenho superior está apenas começando.

ANÚNCIO

“Acho que a Nike continua subindo. Os consumidores mudaram, as pessoas também, e todos estão trabalhando em casa. Todos adoram a Nike. Eles fizeram um trabalho fantástico com seu modelo de e-commerce que os colocou à frente do jogo em relação a muitos outros concorrentes em seu espaço”, disse Shay em entrevista na sexta-feira (15).

Shay acha que a Nike (NKE) pode recuar um pouco mais de onde está agora, mas vê uma oportunidade de compra neste recuo, e está visando US$ 150. Um movimento para US$ 150 é quase 7% do fechamento de sexta-feira e ultrapassaria seu recorde de alta de US$ 147,95.

Receita da Nike (NKE) caiu 4% em 2020

Mesmo quando a Nike enfrentou desafios em 2020 causados ​​pela pandemia, a empresa conseguiu um desempenho confiável para seus ganhos fiscais no ano, com a receita caindo 4% ano após ano para US$ 37,4 bilhões, apesar do fechamento temporário da maioria de suas lojas globais.

ANÚNCIO

A configuração técnica da Nike (NKE) também suporta o caso de touro de longo prazo (movimentações de Wall Street), de acordo com Craig Johnson, técnico-chefe de mercado da Piper Sandler (PIPR).

De acordo com Johnson, as ações estão nesse canal de preços com tendência de alta há algum tempo. Observando a recente queda, ele acrescentou que parece que esta é uma ação que deve ser comprada nesta retração.

“Continuamos pensando que há mais espaço para correr aqui para a Nike. Temos esse nome em nosso portfólio de modelos e continuamos gostando muito aqui”, disse Johnson na mesma entrevista.

CEO da Nike (NKE) confia na posição digital da empresa

O CEO John Donahoe mencionou na última teleconferência de resultados da empresa que a Nike já desfrutou de três trimestres consecutivos de crescimento digital de 80% ano a ano, uma prova da força de sua plataforma digital. 

Donahoe está confiante de que a mudança para compras online e uso de recursos digitais é uma tendência permanente, e a Nike (NKE) está bem posicionada para capturar essa mudança e maximizar oportunidades para aumentar sua base de clientes fiéis.

Leia também: ByteDance irá lançar serviço próprio de pagamentos

Traduzido e adaptado por equipe Folha Capital.

Fontes: CNBC e MotleyFool.

ANÚNCIO