Vale (VALE3), Oi (OIBR4), Azul (AZUL4) e outros destaques do radar corporativo

ANÚNCIO

Nesta sexta-feira (11), o radar corporativo está recheado de novidades que podem movimentar o mercado financeiro e mexer com os ânimos dos investidores.

O público segue de olho na operadora Oi (OIBR4) que recentemente teve o aditamento de plano de recuperação judicial aprovado. Alguns termos da nova proposta não agradou alguns gestores que chegaram a falar em “calote seletivo”.

ANÚNCIO

Já o BNDES comunicou a venda de sua participação na Vale (VALE3), enquanto isso a mineradora se prepara para pagar bilhões em distribuição de recursos aos acionistas.

Vale (VALE3), Oi (OIBR4), Azul (AZUL4) e outros destaques do radar corporativo
Fonte: (Reprodução/Internet)

Confira a movimentação das empresas brasileiras no final desta semana.

Vale (VALE3) paga dividendos

Como um dos destaque do dia está a Vale (VALE3) que comunicou que o conselho de administração aprovou o pagamento de remuneração aos acionistas no valor de R$ 12,4 bilhões.

ANÚNCIO
  • R$ 1,4102 por ação (dividendos);
  • R$ 0,9973 por ação (juros sobre capital próprio – JCP).

Ainda, o BNDES comunicou a venda de sua participação na mineradora e o Banco Bradesco BBI (BBDC4) foi a instituição escolhida para coordenar a operação.

Oi é acusada de calote seletivo

A Oi (OIBR4) continua movimentando o mercado com seu plano de recuperação judicial. Após os credores aprovarem as alterações, o S&P Global (SPGI34) afirmou que a redução do deságio de 55% nas dívidas da operadora é um calote seletivo.

A deliberação sobre o aditamento rendeu debate com os instituições bancárias que se mostraram insatisfeitas com uma suposta depreciação do valor do crédito devido pela Oi (OIBR4).

ANÚNCIO

Embraer (EMBR3) fecha acordo com sindicato

Também como destaque corporativo, a Embraer (EMBR3) comunicou que conseguiu chegar a um acordo com o Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo sobre desligamento dos funcionários.

A fabricante decidiu ampliar os benefícios dos engenheiros desligados no dia 3 de setembro, quando anunciou a demissão de 900 empregados, além de 1,6 mil funcionários que aderiram ao programa de demissão voluntária.

Azul espera aumento dos voos

A Azul (AZUL4) informou que é esperada cerca de 505 decolagens por dia para cerca de 89 destinos, no mês de outubro. Segundo a companhia aérea, esta quantidade significaria aumento de 55% da média de voos registrada no mesmo período do ano passado. Além disso, também foi registrada alta de 26,4% da demanda nos meses de julho e agosto.

ANÚNCIO