Vale (VALE3) abrirá empresa de soluções de baixo carbono com Kobe Steel e Mitsui

ANÚNCIO

As iniciativas voltadas para sustentabilidade estão sendo adotadas de forma mais incisiva pelas empresas brasileiras. Uma das ações que mais tem sido alvo de alerta para as indústrias é a emissão de gases de efeito estufa, que é uma das pautas mais discutidas nas políticas de preservação do meio ambiente.

Nos últimos tempos, o Brasil tem tido destaque por ser considerado um país que não apresenta medidas para conter a degradação da natureza. Com esta imagem, investidores de todo mundo vêm pressionando o governo a tomar atitudes urgentes sobre a questão.

ANÚNCIO

Em meio a este cenário, a mineradora Vale (VALE3) anunciou que fechou parceria com empresas asiáticas para um novo projeto, o qual irá contribuir no conceito de atividades econômicas conscientes.

Vale abrirá empresa de soluções de baixo carbono com Kobe Steel e Mitsui
Fonte: (Reprodução/Internet)

Confira como funcionará o acordo feito entre as gigantes do mercado e quais serão os benefícios da iniciativa para o meio ambiente.

Vale cria empresa com atividades sustentáveis

Na última segunda-feira (13), a multinacional brasileira Vale informou, que depois de algumas negociações, fechou acordo com a indústria japonesa de aço Kobe Steel e companhia Mitsui, também asiática, para a formação de uma nova empresa.

ANÚNCIO

A criação deste projeto com participação das três marcas tem a finalidade de realizar uma produção consciente de materiais siderúrgicos e metálicas, com baixa emissão de carbono. A parceria tem o intuito de chamar os fornecedores e consumidores destes recursos para a conscientização das atividades econômicas.

Para cumprir com o objetivo proposto, as empresas utilizarão tecnologias as quais possibilitarão que os elementos químicos utilizados nessas produções passem pelo processo de fabricação com pouco CO2.

Vale abrirá empresa de soluções de baixo carbono com Kobe Steel e Mitsui
Fonte: (Reprodução/Internet)

De acordo com a Vale, um dos recursos que serão explorados para esta tarefa de preservação é o ferro-gusa, pois trata-se de um procedimento que permite a redução de ferro com reduzidíssimo teor de carbono. Este processo será executado pela Tecnored, marca subsidiária da mineradora.

ANÚNCIO

Além disso, também será incluído o uso de hidrogênio e biomassa na elaboração, que são opções de energia limpa. Por enquanto, não há um prazo para o lançamento da nova empresa, quanto a isso as negociações ainda estão sendo concluídas.

Repercussão nas ações da multinacional brasileira

A novidade anunciado pela Vale (VALE3) animou o cenário de ações do país, tendo em vista que questões ambientais estão em alta nos últimos dias. E, ter empresas nacionais trabalhando para promover a preservação da natureza é um fator atrativo para investidores.

No mesmo dia da divulgação do projeto, a mineradora impulsionou a valorização dos ativos das siderúrgicas do país. A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) operou com alta de 7,93%, enquanto a Usiminas obteve ganhos de 2,83% e a Metalúrgica Gerdau, 4,10%, conforme dados do Investing.com.

ANÚNCIO