TNG Digital (CMIB) quer levantar US$ 150 milhões para expansão

ANÚNCIO

Uma operadora de carteira eletrônica da Malásia pertencente ao CIMB Group (CIMB) e ao Ant Group da China está em negociações avançadas com investidores para levantar pelo menos US$ 150 milhões para financiar planos de expansão, disseram quatro fontes familiarizadas com o assunto.

A pandemia de coronavírus impulsionou a demanda por serviços de pagamento digital em todo o mundo, mas o mercado da Malásia é particularmente competitivo, com quase 50 jogadores. 

ANÚNCIO

O empreendimento da CIMB Group (CIMB), a TNG Digital Sdn Bhd, afirma que sua carteira eletrônica Touch ‘n Go é a maior do país, com mais de 15 milhões de usuários registrados.

TNG Digital (CMIB) quer levantar US$ 150 milhões para expansão
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja mais: IG (IGG) anuncia compra da Tastytrade por US$ 1 bilhão

TNG Digital pode chegar a US$ 700 milhões em avaliação

A TNG Digital está negociando com bancos globais, gestores de ativos e outros, disseram as fontes, recusando-se a ser identificados porque não estavam autorizados a falar com a mídia.

ANÚNCIO

Duas fontes disseram que a arrecadação de fundos deve dar à TNG Digital uma avaliação de mais de US$ 700 milhões e pode acabar levantando cerca de US$ 250 milhões no total este ano.

“A TNG quer aumentar ainda mais a sua presença em serviços financeiros globais e ativos. É aí que está o crescimento do mercado”, disse uma das fontes. A TNG é parceira da Principal Asset Management (PFG), uma das maiores administradoras de fundos do país.

Duas das fontes disseram que a nova arrecadação de fundos resultará na CIMB (CIMB) e no Ant Group reduzindo suas participações, mas eles continuarão sendo os maiores investidores no negócio.

ANÚNCIO

TNG Digital recebeu aprovação de reguladores

A CIMB (CMIB) e sua unidade Touch ‘n Go Sdn Bhd, que possui 51% da TNG Digital, não quiseram comentar. O Ant Group, que detém 49%, disse que cederia aos seus parceiros quando solicitado para comentar o assunto.

A TNG Digital garantiu a aprovação do regulador de valores mobiliários da Malásia para distribuir produtos do mercado de capitais, incluindo fundos fiduciários de unidades do mercado monetário. 

A diretora executiva do grupo TNG, Effendy Shahul Hamid, disse que o status de operadora de mercado reconhecida permitiria à empresa oferecer ofertas digitais inovadoras a seus clientes.

Effendy observou que a empresa deve lançar um produto de investimento financeiramente inclusivo no primeiro trimestre deste ano, permitindo que seus usuários acessem serviços básicos de investimento de custos tão baixos quanto o RM10.

Empresas de e-wallet buscam expansão

O Ant Group cortou financiamento e suporte de pessoal para muitas das firmas de e-wallet no exterior em que investiu, à medida que se distanciava de suas ambições anteriores de se tornar um líder global em pagamentos.

Firmas rivais de e-wallet também estão ansiosas para expandir e, no ano passado, a seguradora Great Eastern (G07) investiu US$ 70 milhões no negócio de fintech da empresa de telecomunicações malaia Axiata (AXIATA), que opera a e-wallet Boost.

Leia também: Bitcoin despenca pelo segundo dia seguido para US$ 32 mil

Traduzido e adaptado por equipe Folha Capital.

Fontes: Investing e TheStar.

ANÚNCIO