Sul América (SULA11) tem alta de 91% nos lucros

ANÚNCIO

A seguradora brasileira Sul América (SULA11) chegou perto de dobrar o seu lucro líquido no segundo trimestre na comparação anual. 

Apesar da pandemia e seus efeitos, o resultado da empresa nas operações com a atuação de não controladores indicou 498,3 milhões de reais em lucratividade, avanço de 91% no comparativo com o mesmo período em 2019.

ANÚNCIO

Já os lucros dos negócios continuados foram de 398,7 milhões de reais, salto de 83,4% ante a 5%, 4,79 bilhões de reais, registrado em janeiro a março deste ano.

Sul América (SULA11) tem alta de 91% nos lucros
Fonte: (Reprodução/Internet)

 

Veja o desempenho da Sul América (SULA11) indicado em relatório trimestral 

ANÚNCIO

Dados do relatório financeiro de abril a junho 

  • Receita operacional: saltou 6,2%, contra a baixa nos segmentos de acidentes pessoais, previdência, vida e gestão de recursos;
  • Resultado financeiro: queda de 39%, a 69,9 milhões de reais. Reflexo de perdas no portfólio de investimentos resultante da baixa do juros e papéis de renda variável;
  • Resultado de sinistralidade: queda de 80,8% para 69,1%, perda de 11,7 pontos;
  • Índice combinado: caiu de 98,6% para 89,1%;
  • Índice ampliado: caiu de 99,2 % pra 87,6% na comparação trimestral;
  • Seguro saúde: alta no 7,5% no número de segurados na comparação anual.

Reflexos da pandemia 

Mesmo com o cenário de crise causada pelo coronavírus, a Sul América (SULA11) obteve resultados positivos no segundo trimestre, apontando perdas mais significativas no resultado de sinistralidade. 

Segunda a empresa, o setor de sinistralidade foi o mais atingido devido à quarentena, que reduziu a procura por serviços como exames, cirurgias e consultas. 

Negociações com o Grupo Allianz 

Em julho, a seguradora alemã Grupo Allianz (ALV) adquiriu os seguros de automóveis e massificados da Sul América (SULA11) pelo o valor de 3,2 bilhões de reais. 

ANÚNCIO

Esta operação refletiu no bom desempenho dos negócios com participação das não controladoras reportadas no relatório financeiro da Sul América (SULA11).

De acordo com a seguradora brasileira, a transação vai gerar lucro líquido adicional de 1,4 bilhão de reais ainda este ano. 

Recomendações no mercado 

ANÚNCIO