Stoxx 600 (SXXP) recua na sexta-feira

ANÚNCIO

Os mercados europeus recuaram na sexta-feira (11), com os investidores monitorando a paralisação das negociações de estímulo fiscal dos EUA e a rápida aproximação do prazo das negociações do Brexit.

O Stoxx 600 (SXXP) caiu 1,3% no final da manhã, com as telecomunicações caindo 3,1% para liderar as perdas, uma vez que todos os setores e principais bolsas caíram em território negativo.

ANÚNCIO

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse na quinta-feira (10) que agora há uma forte possibilidade de o Reino Unido sair da órbita da UE sem um acordo de livre comércio no final do mês.

Stoxx 600 (SXXP) recua na sexta-feira
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja mais: Banco Central Europeu libera US$ 600 bilhões em estímulos

UE pretende arrecadar € 750 bilhões para apoiar recuperação do bloco

A UE finalmente poderá prosseguir com seu plano de arrecadar 750 bilhões (US$ 908 bilhões) dos mercados públicos para apoiar os esforços de recuperação econômica do bloco, além dos 1.074 trilhões (US$ 1,3 trilhão) a serem gastos entre 2021 e 2027. 

ANÚNCIO

Em termos de ação individual do preço das ações, as ações da Hellofresh (HFG) subiram mais de 6% no início das negociações, depois que a Kepler Chevreux elevou as ações de “manter” para “comprar” e elevou seu preço-alvo.

No fundo do índice europeu de blue chip, as ações da Ericsson (ERIC) caíram mais de 7% depois que a gigante sueca das telecomunicações entrou com um processo de patente contra a Samsung (005930) nos Estados Unidos

Com o prazo para estender as negociações do Brexit terminando no domingo, e com os dois lados permanecendo sem acordos em questões-chave, o primeiro-ministro britânico afirmou que existe a possibilidade de terminarem o mês sem acordo.

ANÚNCIO

Discussão sobre estímulo nos EUA se mantém

Os mercados europeus parecem prontos para uma transferência mista da Ásia-Pacífico, onde os investidores continuam monitorando as negociações difíceis sobre o estímulo fiscal nos EUA

Houve poucos sinais de progresso na quinta-feira, já que os legisladores buscam aprovar um projeto de lei antes que as ajudas financeiras essenciais para os americanos expirem.

Após o Reino Unido já ter começado a implantar a vacina da Pfizer (PFE) e BioNTech (BNTX), assessores da Food and Drug Administration (FDA) dos EUA endossaram na quinta-feira a injeção para uso emergencial nos Estados Unidos, onde casos e mortes continuaram a aumentar.

Leia também: Mercado dos EUA deve abrir em baixa nesta sexta-feira

Traduzido e adaptado por equipe Folha Capital.

Fonte: CNBC.

ANÚNCIO