Stone (STNE) compra Linx (LINX3) em negócio de R$ 6,7 bilhões

ANÚNCIO

Hoje (18), a Stone (STNE) anunciou aquisição da Link (LINX3) pelo valor de R$ 6,7 bilhões após a assembleia geral extraordinária (AGE) que aconteceu na noite de ontem. 

Com a aprovação dos acionistas da Linx, a empresa de pagamentos coloca um ponto final na batalha de meses com a Totvs (TOTS3) pela combinação de negócio.

ANÚNCIO

Para consolidar seus investimentos no varejo, a companhia também sinalizou no acordo um pagamento adicional de R$ 268,6 milhões. A iniciativa aumentou o valor por ação para R$ 33,56. 

Stone (STNE) compra Linx (LINX3) em negócio de R$ 6,7 bilhões
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja também: Ação da Linx desaba antes da decisão de compra pela Stone 

Stone (STNE) vence votação em assembleia da Linx (LINX3)

Em assembleia para decidir sobre a venda da Linx à Stone, os acionistas decidiram pela aprovação do negócio com 55,95% votos a favor e 20,01% votos contra a proposta da empresa de pagamentos. 

ANÚNCIO
  • 3,79% abstenções.

Após o encontro, o presidente da Stone, Thiago Piau, declarou que a nova aquisição possibilita a oferta de gestão integrada entre serviços financeiros e tecnologia. Também, segundo o executivo, o acordo aproxima os negócios complementares da marca. 

Além dos benefícios às operações da empresa, a transação passará para Stone a atual base de participação no varejo detida pela Linx, que é de 45,5%. Atualmente, empresa de software de gestão possui 50 mil clientes no Brasil e a nível internacional.

Aquisição ainda depende do Cade 

Apesar da vitória na AGE, a aquisição ainda será avaliada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Estima-se que a análise levará em torno de três a seis meses. Thiago Piau afirmou estar confiante no aval do órgão regulador

ANÚNCIO

Caso o Cade entenda pela autorização do negócio, este será o último capítulo da batalha Stone contra Totvs. Vale lembrar que em agosto, a Totvs afirmou que já estava em negociação com a Linx antes da concorrente oferecer proposta. 

Desde então, diversas farpas foram trocadas com acionistas minoritários aumentando a pressão sobre o conselho da companhia de software. A Totvs chegou a alegar que a Linx estaria oferecendo condições especiais à Stone.

Fique por dentro: Linx recusa protocolo de incorporação da Totvs 

ANÚNCIO