Samsung (005930) divulga fortes lucros, mas prevê queda nos próximos meses

ANÚNCIO

Nesta quinta-feira (29) a Samsung (005930) divulgou grandes lucros, mas alertou que o desempenho não será tão animador nos próximos meses com o crescimento da concorrência de smartphones e a redução da demanda por chips de memória.

Conforme a companhia sul-coreana, o lucro operacional operou em alta de quase 60%, para US$ 10,9 bilhões no trimestre de julho a setembro em comparação com o mesmo período do ano passado. Os analistas consultados pela Refinitiv previram lucro de US$ 9,8 bilhões.

ANÚNCIO

A demonstração financeira é publicada logo após a morte de Lee Kun-hee, considerado o titã dos negócios que liderou a ascensão da Samsung (005930) de uma modesta empresa sul-coreana a um conglomerado multinacional. Lee morreu no domingo aos 78 anos.

Samsung (005930) divulga fortes lucros, mas prevê queda nos próximos meses
Fonte: (Reprodução/Internet)

Samsung (005930) lucra bilhões com a venda de smartphones

De acordo com a Samsung (005930), as vendas totais aumentaram cerca de 6%, para US$ 59 bilhões, no terceiro trimestre superando os US$ 57 bilhões dos especialistas. A divisão de dispositivos celulares cresceram apesar do avanço da concorrência no setor.

A empresa reportou US $ 26,3 bilhões em venda de smartphones, alta de 6% em relação ao mesmo período do ano passado. Isto também representou um salto de 51% em relação ao trimestre anterior, quando a pandemia Covid-19 causou prejuízos na indústria de celulares.

ANÚNCIO

Para o mercado, o aumenta da comercialização sugere que a Samsung (005930) em breve retomará sua posição como o maior vendedor de celulares do mundo da rival chinesa Huawei (002502). Mas, olhando para o futuro, a empresa declarou que espera queda nos lucros no quarto trimestre, impulsionado pelo enfraquecimento da demanda dos clientes de servidores por chips de memória.

Empresa projeta recuo para os próximos meses

A marca sul coreana acrescentou que também espera que as vendas de smartphones diminuam e os custos de marketing aumentem devido ao ambiente de mercado competitivo. A fabricante rival Apple (AAPL) lançou este mês o aguardado iPhone 12, seu primeiro aparelho habilitado para 5G.

Apesar do resultado trimestral positivo, a estimativa para o quarto trimestre afetou os papéis da companhia. As ações da Samsung (005930) caíram 2,2% em Seul, ultrapassando as quedas na Bolsa da Coreia do Sul (KOSPI).

ANÚNCIO

Leia mais: Ações de empresa sul-coreana operam em alta mesmo após morte do presidente.

Investidores de olho na sucessão do presidente Lee Kun-hee

O filho do fundador da Samsung (005930), Lee Jae-yong, é o líder de fato da empresa desde o ataque cardíaco de seu pai em 2014. Questionada no início desta semana se o vice-líder seria o novo presidente do conselho, a companhia não quis comentar.

“Embora seja presumido que Lee Jae-young assuma a função de presidente, não esperamos uma mudança significativa na estrutura de propriedade do grupo, gestão e operação de negócios para a Samsung no curto prazo […]”, afirmaram analistas da corretora Daiwa, em nota publicada nesta semana.

O herdeiro foi considerado culpado de suborno e outras acusações de corrupção em 2017 e cumpriu pena de prisão menos de um ano atrás  antes de um tribunal de apelação rejeitar algumas das acusações e suspender sua sentença.

Mercado visa crescimento com gestão do herdeiro do império

No mês passado, o vice-presidente foi indiciado por uma polêmica fusão de 2015 que o ajudou a fortalecer o controle da empresa. Apesar dos problemas jurídicos, os analistas da Daiwa esperam que a nova gestão e a alta administração busquem ativamente oportunidades para garantir o crescimento dos lucros a longo prazo da empresa e aumentar o valor da empresa além da era do presidente Lee.

Traduzido e adaptado por Equipe Folha Capital.

Fonte: CNN.

ANÚNCIO