Samsung (005930) – Ações operam em alta mesmo com a morte do presidente

ANÚNCIO

Nesta segunda-feira (23), no mercado da as ações da Samsung (005930) e de suas afiliadas operavam em alta um dia após a morte do presidente Lee Kun-Lee. O conglomerado anunciou que Lee, 78, faleceu após 6 anos de internação devido a um ataque cardíaco.

Conforme comunicado da companhia, a família do empresário, incluindo seu filho, o vice-presidente Jay Y. Lee, estava ao seu lado durante o acontecimento. O motivo da morte ainda não foi divulgado.  

ANÚNCIO

O sul-coreano Lee Kun-Lee ficou conhecido por transformar a Samsung (005930) em uma tecnologia global e potência industrial. O executivo assumiu o posto em 1987 após a morte de seu pai, Lee Byung-chul, que fundou o conglomerado.

Samsung (005930) - Ações operam em alta mesmo com a morte do presidente
Fonte: (Reprodução/Internet)

Ações Samsung (005930) sobem com investidores atentos à gestão da companhia 

Com o falecimento do presidente da Samsung (005930), os investidores estão interessados sobre os impactos da ausência do executivo na gestão do filho Jay Y. Lee, que desde 2014 assumiu a liderança da companhia em razão dos problemas de saúde do pai. 

  • Samsung (005930): +0,33%;
  • Samsung C&T (028260): +13,46%;
  • Samsung SDS (018260): + 5,51%;
  • Samsung Life (032830):+ 3,8%;

De acordo com o analista SK Kim, da Daiwa Securities, mesmo após a morte de Lee Kun-Lee as ações da companhia saltaram impulsionados pelo mercado otimista com a gestão de seu filho que atualmente é o principal acionista da empresa e líder do grupo Samsung (005930). 

ANÚNCIO

O profissional afirmou que, no futuro, a Samsung (005930) pode buscar medidas agressivas para garantir o crescimento de longo prazo e pode considerar aumentar ainda mais os retornos aos acionistas.

Incertezas cercam a liderança de Jay Y.Lee

Ainda assim, o mercado está incerto quanto à liderança de Jay Y. Lee como o sucessor em potencial por causa de seus contínuos problemas legais. O herdeiro cumpriu pena de prisão depois de ser condenado por pagar subornos para obter favores do governo, que desencadeou inclusive o impeachment do ex-presidente Park Geun-hye. 

Leia mais: Gigante tecnologia reporta alta de mais de 50% nos lucros. 

ANÚNCIO

Segundo a Reuters, o empresário também enfrenta acusações de fraude contábil e manipulação de preços de ações. O julgamento vinculado a essas alegações começou este mês.

Traduzido e adaptado por Equipe Folha Capital.

Fonte: CNBC News.

ANÚNCIO