Preços do petróleo despencam após Trump testar positivo para Covid-19

ANÚNCIO

Na manhã desta sexta-feira (2), os preços do petróleo operam em queda depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, testou positivo para COVID-19.

Também, os parlamentares ainda não chegaram a um acordo para quanto ao pacote de estímulo nos EUA, justamente quando o aumento da produção global de petróleo ameaça a recuperação dos preços.

ANÚNCIO

Ainda no cenário negativo, com base nos dados da Reuters os novos casos de Covid-19 aumentaram em todo o mundo para mais de 34 milhões, quase 2 milhões a mais do que no final da semana passada. 

Preços do petróleo despencam após Trump testar positivo para Covid-19
Fonte: (Reprodução/Internet)

Petróleo Brent e WTI caem 3% em meio ao pronunciamento de Trump

Em meio ao comunicado de que o presidente dos EUA e a primeira-dama, Melania Trump, foram contaminados pelo coronavírus, o preço do petróleo Brent caiu 3%, a US$ 39,70 o barril. 

No mesmo sentido, o petróleo dos EUA, WTI, também recuou 3%, para US$ 37,55. Com esses percentuais, os contratos da commoditie operam em queda pela segunda semana consecutiva.

ANÚNCIO

A indústria de combustível já estava em território negativo após os investidores se mostraram desmotivados quanto à possibilidade de acordo para mais alívio econômico em resposta à pandemia. 

“Já era um mercado fraco e este evento veio e adicionou incerteza, dando uma pausa para as pessoas dizerem, quer saber, estou tirando alguns riscos da mesa”, disse Lachlan Shaw, chefe de pesquisa de commodities da National Australia Bank (NAB).

OPEP registra aumento de 160 mil barris em petróleo bruto

O fornecimento de petróleo bruto da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) aumentou em setembro para 160 mil barris por dia em relação ao mês anterior. 

ANÚNCIO

Este resultado veio após a produção da Líbia, país membro da OPEP, crescer rapidamente após o relaxamento de um bloqueio pelo exército do país. Com o desempenho, foi gerada uma oferta adicional que impactou diretamente nos preços da commoditie. 

ANÚNCIO