Petrobras (PETR3; PETR4) reduz investimento para os próximos anos

ANÚNCIO

A Petrobras (PETR3; PETR4) informou redução dos investimentos voltados ao setor de Exploração & Produção (E&P) para os próximos anos. De acordo com a estatal, o ajuste no portfólio foi provocado pela crise do coronavírus.

Conforme o plano estratégico da empresa para os anos de 2020 a 2024, os investimentos eram de US$ 64 bilhões, agora com a nova previsão o valor investido será entre US$ 40 e US$ bilhões.

ANÚNCIO

A petroleira também informou que planeja vender mais participações de exploração e produção de petróleo. Recentemente, a estatal deu iniciou às tratativas com a SBM Offshore (SBMO) para contratação de novos serviços para a Bacia de Santos, no campo de Búzios.

Petrobras (PETR3; PETR4) reduz investimento para os próximos anos
Fonte: (Reprodução/Internet)

Confira as novas projeções da Petrobras (PETR3; PETR4) para exploração e produção de petróleo.

Petrobras (PETR3; PETR4) pretende maximizar portfólio de operações

Conforme comunicado da Petrobras (PETR3; PETR4), a iniciativa da redução dos investimentos tem o objetivo de maximizar o valor do portfólio de Exploração e Produção (E&P).

ANÚNCIO

Com as novas projeções, a petroleira, que recentemente vendeu participação em bacia no Rio Grande do Norte, declarou que irá focar nos ativos mundiais em águas profundas e ultra-profundas.

A revisão visa maximizar o valor do portfólio do E&P, com foco em ativos de classe mundial em águas profundas e ultra-profundas”, declarou a estatal.

Dessa forma, os campos de Búzios e outros ativos do pré-sal irão equivaler aproximadamente 71% dos recursos totais referentes à exploração destinado aos anos de 2021 a 2025, ante 59% previsto no plano estratégico anterior.

ANÚNCIO

Estatal fala sobre impacto na curva de produção

De acordo com a Petrobras (PETR3; PETR4), a programação das novas plataformas e o potencial impacto na curva de produção serão divulgados no final do mês de novembro, após o fechamento e a aprovação do plano estratégico da empresa.

O antigo plano previa investimento total no montante de US$ 75,7 bilhões entre 2020 e 2024 equivalendo uma baixa de 10%, ante US$ 84,1 bilhões estipulados para 2019 a 2023.

ANÚNCIO