Pessoas introspectivas crescem no mercado de trabalho

ANÚNCIO

Em tempos como este, cheio de desafios que requer adaptação e ganho de novas habilidades os profissionais ousados e versáteis encontram o seu lugar no mercado de trabalho. Mas, como ficam aquelas pessoas de perfil introspectivo?

As empresas normalmente visam colaboradores comunicativos, sociáveis e que saibam trabalhar em equipe. Será que os funcionários mais fechados e tímidos conseguem ter um desempenho satisfatórios nesses ambientes?

ANÚNCIO

É interessante que líderes e gerenciadores de times consigam identificar o perfil de cada membro da sua companhia, afinal, pessoas diferentes requer abordagem e incentivos diferentes.

Pessoas introspectivas crescem no mercado de trabalho
Fonte: (Reprodução/Internet)

Pessoas introspectivas crescem no mercado de trabalho. Veja quais são as observações que devem ser feitas quando se tem esses profissionais na sua equipe. Elas também podem ter bons resultados durante a crise.

Conhecendo seus colaboradores

Sabemos que as pessoas são diferente uma das outras, possuindo suas peculiaridades, qualidades e defeitos. No entanto, quando somos colocados num mesmo ambiente com seres humanos tão distintos, ter discernimento de como liderá-los pode ser um desafio.

ANÚNCIO

Por isso, é interessante investir no relacionamento com seus colaboradores. O primeiro passo é identificar qual é o seu público. Dentro de um mesmo time é possível se deparar com pessoas extrovertidas e introvertidas.

O colaborador extrovertido é aquele que necessita e gosta do convívio social, esta é a forma de se sentir no auge de seu desempenho. Já o introvertido gosta de estar quieto e na sua própria companhia, neste caso, muitas pessoas em volta podem comprometer sua performance e energia.

Pessoas introspectivas crescem no mercado de trabalho
Fonte: (Reprodução/Internet)

De acordo com pesquisas divulgadas na mídia, a sociedade é composta por 50% de cada perfil. Porém, ninguém é 100% um deles. Algumas características e traços da nossa personalidade sofrem uma interferência das duas classificações.

ANÚNCIO

Por que a quarentena e a crise podem ser úteis?

A realidade é que pessoas fechadas e levemente incompatíveis com muita movimentação tendem a gostar de momentos de isolamento. Sem contar que este período pode ser interessante para elas fazerem uma auto análise, até porque já é uma iniciativa natural deste perfil.

Conforme informações da Forbes Brasil, os profissionais com esta característica tendem a ter profundidade e necessidade de obter mais conhecimento sobre o público que recebe seus serviços.

Outra qualidade é a facilidade de analisar as situações críticas com calma e segurança, o que é um ótimo fator em tempos de crise ou momentos de dificuldade. Esse pontos, inclusive, podem se sobressair quando comparados com os de pessoas extrovertidas.

Criando o ambiente ideal

Normalmente, os empregadores buscam por funcionários que se adaptem em ambientes coletivos e que consigam desempenhar suas funções em equipe. Prova disso foi a pesquisa levantada pela palestrante Jennifer B. Kahnweiler.

Segundo o levantamento, somente 38% das instituições entrevistadas alegaram que têm interesse em recrutar profissionais introspectivos para seu time. E apenas um terço declarou que o seu espaço de trabalho possui condições que possibilitem este perfil de trabalhador desenvolver suas habilidades de forma eficaz.

Por outro lado, estão os colaboradores que  fazem parte desse grupo de pessoas. De acordo com outra análise feita, eles deixam em evidência o descontentamento na abordagem de seus chefes. E reclamam da falta de interesse destes pelas dificuldades dos subordinados.

Pessoas introspectivas crescem no mercado de trabalho
Fonte:(reprodução/internet)

Quando falamos em reuniões usando plataformas de videochamada, os colaboradores tímidos e mais fechados apresentam algumas objeções como ter que mostrar o rosto, principalmente com encontros diários e constantes.

Para este público, o ideal é investir em outras formas de contato como troca de e-mail, mensagens em aplicativos de comunicação e até mesmo ligação agendada. Agora, quanto ao ambiente, para ele ser produtivo para estes funcionários é necessário um local silencioso.

Para eles isso significa um trabalho com foco total, com a realização de pequenas pausas. Atendendo-se para não perder o vínculo com a equipe e liderança. Por isso, as formas de comunicação mencionadas são bons pedidos.

Como fazer este perfil ser inserido em grupos?

O ideal é respeitar o espaço de cada indivíduo e saber compreender o seu limite. Em qualquer comunicação saudável é preciso ter a presença de dois elementos, o entendimento e a confiança, segundo Jennifer B. Kahnweiler.

A necessidade dessa compreensão por parte dos colegas permitirão que esse perfil apresente suas qualidades quando inseridos em grupos, podendo se grandes agregadores de valor no time.

Outras dicas muito relevantes e que podem ser aplicadas no seu trabalho é desenvolver um olhar amplo para pessoas com características diferentes. Promover recursos que envolvam concentração,por exemplo, irá auxiliar não só um tipo de pessoa, mas o coletivo.

Pessoas introspectivas crescem no mercado de trabalho
Fonte: (Reprodução/Internet)

Mais uma consideração, motive seus colaboradores a desempenharem seus pontos fortes dentro de suas atividades. Para isso, conheça quem está na sua equipe e mantenha relacionamento constante, desenvolvendo o interesse pelo o que o outro tem a dizer.

Por fim, crie a cultura de feedbacks, isso irá fazer toda a diferença na sua empresa. Se você não é chefe, sugira isso à liderança mais próxima. Afinal, toda companhia que visa o crescimento precisa da participação de seus colaboradores.

ANÚNCIO