Pedidos de falência aumentam cada vez mais no país

ANÚNCIO

Sabemos que a realidade tem sido dura para quem é empreendedor no Brasil. Muitas empresas, as de pequeno porte principalmente, vêm fechando suas portas. Algumas delas não resistiram nem ao primeiro mês da quarentena.

Apesar dos vários incentivos do governo para tentar manter um índice pequeno de falência, no entanto, as perdas não deixaram de acontecer. Comércios renomados, muitas vezes que faziam parte da história das cidades, tiveram que cancelar permanentemente os seus serviços.

ANÚNCIO

Infelizmente, a crise não avisou a ninguém que estava a caminho. Com ela, muitos empregos foram desfeitos e profissionais se viram sem renda em uma situação muito preocupante. Por outro lado outras empresas obtiveram maiores lucros durante pandemia, mas elas foram exceção.

falencia
Fonte:(reprodução/internet)

Pedidos de falência aumentam cada vez mais no país. Saiba quais são os índices e a estimativa para os próximos meses. Entenda também sobre as concessões de créditos voltadas para pequenas empresas.

Concessão de crédito Caixa

É fato que os pequenos negócios são atingidos primeiro que os demais. E eles são o ponto mais forte de empregos no Brasil. São grandes geradores de oportunidades no mercado. Porém, a grande maioria não possui estrutura para o vendaval que está acontecendo.

ANÚNCIO

Cientes da fragilidade das pequenas empresas brasileiras, o BNDES junto com bancos parceiros promovem a concessão de crédito para estes estabelecimentos. Oferecendo boas condições aos empresários.

De acordo com a Caixa Econômica, os valores da linha de crédito são para ajudar no giro do capital, auxiliar nos gastos gerais e na manutenção dos empregados, etc. É importante atentar-se, pois é feito análise de crédito no ato da solicitação.

O crédito concedido é no valor de até meio milhão de reais e o pré requisito a ser preenchido é o faturamento anual de até 4,8 milhões de reais. Ou seja, se sua empresa obtêm mais lucros que isso, este programa não é destinado para o seu negócio.

ANÚNCIO

Para fazer o requerimento do empréstimo é necessário dirigir-se até uma agência da Caixa. Lembre-se de levar documentos de Certidão Negativa de Débito e um que comprove a ausência de dívida previdenciária.

Caso procure nos sites de outros bancos é possível ter acesso a outros tipos de linhas de crédito. Este recurso pode ser de grande ajuda para empresas que estão passando por dificuldades financeiras, podendo evitar até uma futura falência.

Empresas de portas fechadas

Antes de 2017, o Brasil apresentava muitos pedidos de falência, o que foi diminuindo no decorrer dos anos com a melhora da economia. Sem contar que as condições para se ter uma empresa no país eram muitas, tornando o processo lento e burocrático.

Essa característica tem sido modificada ao longo do tempo. No entanto, os atuais empreendedores e pessoas que têm interesse em se tornar um não contavam com um cenário tão desmotivador.

Uma das consequências drásticas da pandemia foi o fechamento de várias empresas. Uma recente pesquisa informada no G1, aponta que, em maio, as solicitações de falência chegaram ao marco de 30%. E os requerimentos de recuperação judicial  subiram para 68%.

Apesar, dos atuais registros se mostrarem positivos quanto à queda do dólar e crescimento das ações brasileiras, as estimativas não são boas. Espera-se para os próximos meses, uma forte onda de crise financeira no Brasil e no mundo, acentuando ainda mais o índice mencionado.

Companhias que cresceram em meio a crise

A comparação de marcas que faturaram durante a pandemia é sem sombra de dúvidas inferior aos registros de quebra. No entanto, alguns serviços passaram a ser mais buscados neste período, e por incrível que pareça isso passou a ser um problema para alguns.

Conforme noticiado pelo InfoMoney, a Amazon faturou cerca de 23 bilhões de dólares durante os últimos 3 meses. A valorização das ações da empresa foi notável pelo mercado. O serviço da Amazon foi o que mais obteve destaque recentemente.

No entanto, a demanda excessiva ocasionou um novo problema,  gastos com a estrutura da companhia , que não estava preparada para tanta procura. Isso colocou em risco a segurança dos seus funcionários, vários deles foram contaminados pelo novo vírus.

falencia
Fonte:(reprodução/internet)

Além de todas as ações necessárias ao combate da pandemia durante o trabalho, foi necessária a contratação de mais de 170 mil pessoas. Aumentando ainda mais o investimento na logística da marca.

Outra empresa que faturou no isolamento social, a Netflix. De acordo com dados da mídia, a plataforma de Streaming teve a quantidade de seus usuários aumentada. Só durante a quarentena a companhia somou 16 milhões de novos contratantes.

Por fim, Ainda que esta realidade não seja a da maioria das empresas brasileiras, a semana tem sido boa para o país. O dólar continua em queda e suas ações operam em alta. Vamos acompanhar como isso refletirá nos negócios do Brasil.

ANÚNCIO