PayPal (PYPL34) pode faturar bilhões com criptomoedas

ANÚNCIO

O PayPal (PYPL34) anunciou que recebeu uma Bitlicense condicional do Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York (NYDFS). A licença permitirá que o PayPal (PYPL34) lance um novo serviço que permitirá aos seus clientes investir em criptomoedas.

A fintech afirmou que não haverá taxas de serviço para compra ou venda de criptomoedas até 31 de dezembro de 2020, e nenhuma taxa para manter criptomoedas em uma conta do PayPal.

ANÚNCIO

O PayPal exigirá que os usuários mantenham as criptomoedas compradas em sua carteira do PayPal, sem a capacidade de transferi-las para outras contas. Com o serviço, a marca pode faturar bilhões até o ano que vem.

PayPal (PYPL34) pode faturar bilhões com criptomoedas
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja também: Bitcoin acumula mais de US$11 mil em uma semana

Serviço PayPal (PYPL34) oferece transações com moedas digitais

O novo serviço da empresa vai permitir a compra, a retenção e a venda das criptomoedas Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash e Litecoin a princípio, diretamente na carteira digital do PayPal (PYPL34).

ANÚNCIO

Devido a isso, também será possível utilizar as moedas digitais como fonte de financiamento para compras em seus 26 milhões de comerciantes.

“Os consumidores poderão converter instantaneamente seu saldo de criptomoeda selecionado em moeda fiduciária, com certeza de valor e sem taxas adicionais.”, disse a empresa em comunicado de imprensa.

Ainda de acordo com a companhia, comerciantes que utilizam o PayPal não terão integrações ou taxas extras, pois as transações serão liquidadas em moeda fiduciária conforme as taxas atuais da fintech.

ANÚNCIO

Fintech inova em compras no varejo

Segundo a Forbes, o novo serviço elimina dois obstáculos relacionados ao uso de criptomoedas para compras no varejo.

  • Colocar a criptomoeda em uma forma que possa ser usada para compras no varejo;
  • Facilitar que comerciantes aceitem pagamentos via criptomoedas.

Como resultado, os pagamentos de varejo feitos com Bitcoin, Ethereum e Litecoin por usuários do PayPal podem facilmente dobrar e chegar a US$ 50 bilhões até o final de 2021.

Pesquisa identifica demanda por criptoativos na plataforma

Uma nova pesquisa com 3 mil consumidores norte-americanos conduzida pela Cornerstone Advisors e FICO descobriu que:

  • 60% dos proprietários de smartphones têm o aplicativo PayPal instalado em seus celulares.
  • 14% dos usuários do PayPal já possuem alguma forma de criptomoeda.
  • Outros 15% dos usuários do PayPal pretendem comprar ou investir em criptomoeda nos próximos 12 meses – e metade deles espera fazer compras com Bitcoin nos próximos um ou dois anos.
  • US$ 31,2 bilhões em produtos e serviços de varejo foram adquiridos no ano passado usando moedas digitais.

Os usuários do PayPal foram responsáveis ​​por 74%, US$ 23,1 bilhões, do montante mencionado acima.

Leia mais: PayPal anuncia novo recursos para criptomoedas

Traduzido e adaptado por equipe Folha Capital.

Fonte: Forbes.

ANÚNCIO