Pagamento do PIS/Pasep 2020-2021 se inicia já em junho

ANÚNCIO

O Programa de Integração Social e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público são iniciativas criadas pelo governo federal com o intuito de complementar a renda do empregado que é obtida mensalmente.

Atualmente, o PIS é pago pela Caixa Econômica Federal, banco este que já realiza operações referentes aos outros benefícios. E o Pasep é de atribuição do Banco do Brasil o seu pagamento.

ANÚNCIO

Devido à atual situação, vário auxílios financeiros foram criados e os que já existiam foram antecipados. Exemplo disso foi o PIS/Pasep 2020-2021, o seu recebimento começará a ser feito a partir do último dia do mês de junho.

 PIS/Pasep
Fonte:(reprodução/internet)

Pagamento do PIS/PASEP 2020-2021 se inicia já em junho. Confira o calendário para não ficar de fora do recebimento do abono salarial. Veja também como realizar o saque do valor que lhe é devido.

Sabe se tem direito ao abono?

O PIS/Pasep é pago utilizando como base o ano anterior das atividades laborais do empregado. Suponhamos que você tenha trabalhado por no mínimo trinta dias no ano de 2019, logo, no ano seguinte os valores do abono salarial poderão lhe ser devidos.

ANÚNCIO

Outros requisitos precisarão ser atendidos, além do tempo mínimo, é necessário que a carteira de trabalho tenha sido assinada durante este período. Ou seja, trabalhadores informais não têm direito a este recebimento.

Mais um fator, o empregado não poderá ter percebido valor superior a dois salários mínimos por mês. Ele também precisa ter inscrição junto ao PIS/Pasep há no mínimo cinco anos, e por fim, o empregador para quem tenha trabalhado deve ter prestado os dados do funcionário à Relação Anual de Informações Sociais – Rais

Calendário de recebimento

Conforme dito no começo deste texto, o PIS/Pasep é pago pela Caixa e Banco do Brasil, respectivamente. Logo, como de costume, os trabalhadores que forem titular de contas nessas instituições terão acesso ao abono primeiramente, a partir do dia 30 de junho.

ANÚNCIO

No caso dos clientes desses bancos, o valor é depositado diretamente na conta. Os empregados que utilizam serviços dos concorrentes poderão ter acesso a partir do dia 16 de julho. Lembrando que o período do resgate do valor é vai até 30 de junho de 2021.

As datas do resgate do Pasep são organizadas conforme os últimos números da inscrição dos funcionários públicos.Já o calendário de pagamento do PIS funciona como os demais benefícios do governo, utilizando a data de aniversário dos trabalhadores, conforme imagem abaixo.

pis/pasep
Fonte:(reprodução/internet)

De acordo com o G1, os empregados da iniciativa privada nascidos entre julho e dezembro poderão fazer o resgate do abono ainda este ano, a partir do dia 16 de julho até 15 de dezembro. Os da iniciativa pública receberão de acordo com número final da inscrição, os de 0 a 4 serão pagos até 14 de novembro.

Valores e aplicativo Caixa

O montante que o trabalhador tem direito a receber pode variar de acordo com o tempo trabalhado com carteira assinada, no ano utilizado como referência. O pagamento pode ser entre R$88 reais até um salário mínimo, R$1.045,00.

Por exemplo, suponhamos que você tenha trabalhado três meses no ano de 2019, logo, este ano o valor que lhe será devido será correspondente a 3/12. Aqueles que recebem o valor integral do salário mínimo, são pessoas que trabalharam os 12 meses do ano base.

Por fim, para ter acesso às datas e todas as informações sobre os benefícios resultantes da atividade laboral como PIS/Pasep, é recomendada a instalação da aplicação Caixa Trabalhador. Esta ferramenta pode ser obtida em dispositivos Android e iOS.

Atente-se que se você tem direito ao abono referente ao ano de 2019, mas ainda não o resgatou, poderá fazê-lo utilizando o calendário do benefício correspondente a 2020/2021.

ANÚNCIO