Ouro – Demanda aumenta durante a crise

ANÚNCIO

A pandemia tem modificado a abordagem dos investidores que com a crise, estão buscando obter rentabilidade em suas aplicações e encontrar opções de proteção para os seus investimentos. 

O público brasileiro, por exemplo, além de investir no ouro negociado no mercado financeiro também tem procurado por barras de ouro físico. Segundo o Valor Investe, essa tendência surgiu devido às altas cotações do metal que vem operando em níveis históricos. 

ANÚNCIO

Em Nova York, os valores de negociação do ouro ultrapassaram 2 mil dólares por cada onça-troy, medida de peso utilizada nos Estados Unidos para metais preciosos. O metal já acumula mais de 30% de alta neste ano. 

Ouro - Demanda aumenta durante a crise
Fonte: (Reprodução/Internet)

Acompanhe os dados sobre o crescimento deste investimento no Brasil

Venda de ouro salta 75% na pandemia

Investir em barras de ouro físico não é uma das opções de investimento mais modernas, mas existem pessoas que se identificam com a alternativa e a enxergam como uma boa forma de fazer dinheiro. 

ANÚNCIO

No Brasil, aplicar capital em ouro por meio de bancos e gerenciadoras de investimentos é mais comum, principalmente porque instituições bancárias mais populares não fazem a comercialização de barras do metal. 

Com o aumento da demanda, empresas deste segmento vem faturando milhões. A Ourominas informou que a venda online do metal para investidores saltou 75% na crise do coronavírus. 

Segundo a Ourominas, antes da pandemia eram movimentados 800 mil reais por mês com a comercialização. Já no mês de março, início da pandemia, o volume foi de 3 milhões de reais por mês. 

ANÚNCIO

A companhia Parmetal, por exemplo, afirmou que o público tem o costume de destinar cerca de 10% do seu dinheiro para as aplicações em ouro

O ouro nos investimentos 

O ouro é uma opção de investimento que não tem rentabilidade em juros e também não oferece pagamento em dividendos. Isto significa que o investidor que aplica seu dinheiro nesta alternativa está em busca da preservação de valor ou está à espera de uma valorização para gerar capital com eventuais vendas. 

Ouro - Demanda aumenta durante a crise
Fonte: (Reprodução/Internet)

A alta na demanda do metal pode indicar que o investidor está com medo de uma futura quebra do mercado financeiro. Logo, o ouro é visto como um investimento de proteção às finanças, de acordo com profissionais do mercado. 

Esse perfil de investimento é mais comum em pequenos investidores do país que normalmente se sentem mais seguros com o dinheiro empregado no metal do que no mercado de ações, informou a Ourominas.

Investir no ouro é seguro?

Os especialistas advertem que a aplicação em ouro vinculado à Bolsa de Valores é uma forma de preservação da carteira de investimentos, porém, a compra do metal em barra pode não ser segura, além de não gerar renda para o investidor. 

Há quem diga que o ouro é um forte ativo contra a inflação, mas alguns estudiosos vêm rebatendo essa afirmação sob a alegação do metal não apresentar reação às oscilações da inflação quando ocorridas em curto prazo. 

ANÚNCIO