Oi (OIBR3; OIBR4) reporta prejuízo bilionário

ANÚNCIO

A companhia telefônica Oi (OIBR3; OIBR4) reportou prejuízo líquido de 3,4 bilhões de reais no segundo trimestre, segundo demonstração financeira recentemente divulgada. O resultado equivale déficit 118,7% maior do que o obtido no mesmo período em 2019. 

A empresa informou que o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização sofreu baixa significativa, além do resultado líquido que também encerrou o trimestre operando em negativo. 

ANÚNCIO

Recentemente, a companhia atualizou a proposta de aditamento do plano de recuperação judicial devido à crescente procura pela UPI IngraCo. Como parte se sua proposta de restruturação, três de suas unidades de atuação estão à venda no mercado.

Oi (OIBR3; OIBR4) reporta prejuízo bilionário
Fonte: (Reprodução/Internet)

 Acompanhe o último relatório da companhia telefônica

Oi (OIBR3; OIBR4) registra o dobro de perdas 

O resultado negativo registrado no segundo trimestre equivale mais que o dobro das perdas indicadas no ano passado. O prejuízo bilionário foi impulsionado pela quitação de dívidas e receitas contidas durante o período. 

ANÚNCIO
  • Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização): déficit de 366 milhões de reais, ante ao prejuízo de 298 milhões reportado em 2019;
  • Lucro líquido: negativo em 3,12 bilhões de reais;
  • Despesa de Contribuição Social e Imposto de Renda: 1 milhão de reais;
  • Receita líquida: 4,54 bilhões de reais, baixa de 10,8% referente ao segundo trimestre do ano anterior.

Conforme relatório, o Ebitda teve recuo de 15%, para 1,359 bilhão de reais, levando à margem financeira de 29,9%, contra 31,4% na comparação anual.  

Atualização da proposta de aditamento 

A Oi (OIBR3; OIBR4) anunciou a atualização da proposta de aditamento do plano de recuperação judicial. De acordo com a operadora, a demanda pela UPI InfraCo motivou a iniciativa. 

O valor mínimo estabelecido para a venda da divisão SPE InfraCo será de 20 bilhões de reais. Além disso, a companhia informou que a operação vincula os interessados ao pagamento de montante secundário em torno de 6,5 bilhões de reais e primeira parcela de 5 bilhões. 

ANÚNCIO

A quantia resultante dos pagamentos irá compor o valor cheio da compra da UPI Ativos Móveis, com adição ao montante mínimo de 15 bilhões de reais, que será pago em dinheiro pela totalidade das ações de emissão da SPE Móvel. 

Presidente fala sobre a aprovação do aditamento

Rodrigo Abreu, presidente da Oi (OIBR3; OIBR4), se manifestou sobre a possibilidade da atualização do plano de aditamento não ser aprovada pela assembleia de credores

“Se nada mudar, a companhia perde capacidade de investimento e fica insustentável no longo prazo”, afirmou o executivo.

Em 8 de setembro deste ano, a assembleia irá deliberar sobre o aditamento em questão. A previsão é que o procedimento da recuperação judicial seja finalizado em 30 de maio de 2022, como informou a operadora. 

ANÚNCIO