Oi (OIBR4) aceita proposta da Claro (NETC4), TIM (TIMP3) e Vivo (VIVT4) pela unidade móvel

ANÚNCIO

Nesta terça-feira (8), a companhia Oi (OIBR4) comunicou que aceitou a proposta vinculante apresentada pela Claro (NETC4), TIM (TIMP3) e Vivo (VIVT4) para a compra da unidade móvel da operadora.

No dia anterior, a Oi (OIBR4) encaminhou documento à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) informando que as empresas citadas firmaram compromisso em adquirir a UPI Ativos Móveis, uma das 4 unidades dividias pela empresa em novo plano de recuperação judicial.

ANÚNCIO

Caso as operadoras telefônicas Claro (NETC4), TIM (TIMP3) e Vivo (VIVT4) sejam vitoriosas no processo competitivo, elas desembolsarão o valor de 16,5 bilhões de reais pela divisão da companhia.

Oi (OIBR4) aceita proposta da Claro (NETC4), TIM (TIMP3) e Vivo (VIVT4) pela unidade móvel
Fonte: (Reprodução/Internet)

Confira mais detalhes sobre a negociação bilionária das operadoras.

Oi (OIBR4) dá preferência à Claro (NETC4), TIM (TIMP3) e Vivo (VIVT4)

De acordo com a Oi (OIBR4), empresa que se encontra em recuperação judicial, as operadoras Claro (NETC4), TIM (TIMP3) e Vivo (VIVT4) participarão do processo competitivo de venda da operação móvel com status de preferência na licitação intitulado como “stalking horse”.

ANÚNCIO

Com essa atribuição, as empresas poderão optar em cobrir as ofertas apresentadas pelas concorrentes desde que o valor da nova proposta seja pelo menos 1% maior do que a quantia da melhor oferta.

Apesar das condições especiais, a Oi (OIBR4) também recebeu oferta da Highline do Brasil com apresentação do Bank of America (BOAC34) visando a operação móvel. Neste ínterim, a operadora afirmou que prossegue com as deliberações sobre as medidas de reestruturação.

Operadoras oferecem bilhões à Oi (OIBR4)

As proponentes Claro (NETC4), TIM (TIMP3) e Vivo (VIVT4) ofereceram à Oi (OIBR4) o valor de 16,5 bilhões de reais pela UPI Ativos Móveis. Desse montante, cerca de 756 milhões são referentes aos serviços de transição os quais precisarão ser cumpridos durante o período de 12 meses pela Oi (OIBR4) às compradoras.

ANÚNCIO

Ainda, o valor de 819 milhões de reais refere-se abrange os serviços de capacidade de transmissão que deverá seguir o compromisso de negociações de longo prazo junto à empresa vendedora dos ativos.

Quanto à participação de cada empresa na unidade móvel negociada, ainda é desconhecido como ocorrerá a divisão do produto. Mas, conforme a proposta conjunta da Claro (NETC4), TIM (TIMP3) e Vivo (VIVT4) cada uma das operadoras receberão uma parcela da unidade.

ANÚNCIO