Nvidia (NVDC34) – Aquisição da Arm pode ser um pesadelo para China, diz CLSA

ANÚNCIO

Nesta semana, o diretor-gerente e chefe de pesquisa de tecnologia da CLSA, Sebastian Hou, empresa de investimento, afirmou que o maior desafio para a aquisição da Arm pela Nvidia (NVDC34) é obter a aprovação regulatória da China

De acordo com o profissional, a transação pode ser um pesadelo para o governo chinês e principalmente para sua relação comercial com os Estados Unidos

ANÚNCIO

A gigante americana de chips gráficos concordou em pagar R$ 40 bilhões pela designer de chips Arm, da companhia chinesa Softbank (9984). Atualmente, a Arm licencia seus produtos para empresas de tecnologia do mundo todo.

Nvidia (NVDC34) - Aquisição da Arm pode ser um pesadelo para China, diz CLSA
Fonte: (Reprodução/Internet)

China teme intervenção dos EUA com negociações da Nvidia (NVDC34)

Segundo Sebastian Hou, as negociações da Nvidia (NVDC34) com a fabricante de chips Arm deixaram a China em alerta quanto a uma possível intervenção dos EUA nas transações do país. 

Para o executivo, o governo chinês teme que a empresa americana seja proprietária de marcasde peso como a Arm. Com a aquisição da designer, os EUA terá liberdade para limitar o acesso da China à tecnologia da marca. 

ANÚNCIO

Logo, caso a compra seja concluída a competitividade China-EUA será ainda mais acentuada. Ainda, os chineses correm grandes riscos de ter a utilização das inovações da Arm controladas e sancionadas pelo presidente Donald Trump.

Compra da Arm depende de aprovação da China

Em comunicado, a Nvidia (NVDC34) afirmou que a transação dependerá de aprovação da China, dos EUA, do Reino Unido e da União Europeia.

A autorização é necessária já que a Nvidia (NVDC34) está sediada nos EUA, enquanto a Arm tem sede no Reino Unido. Porém, ambas têm escritórios na China e em outros países da Europa. 

ANÚNCIO

O presidente-executivo da Nvidia (NVDC34), Jensen Huang, declarou estar confiante de que o negócio será aprovado pelos reguladores chineses.

Mídia chinesa fala sobre aquisição 

Na contramão do pronunciamento do CEO da Nvdia (NVDC34), o Global Times, jornal chinês, afirmou que era perturbador que a Arm pudesse ser comprada por uma empresa norte-americana. 

Se a Arm cair nas mãos dos EUA, as empresas de tecnologia chinesas certamente serão colocadas em grande desvantagem no mercado”, publicou o tabloide.

Segundo a CNBC, o Reino Unido está separadamente estudando o impacto total da venda da Arm nas relações comerciais.  

ANÚNCIO