Nubank reduz prejuízo no primeiro semestre

ANÚNCIO

O Nubank mostrou redução de 32% do prejuízo, para 95 milhões de reais no primeiro semestre na comparação anual, conforme balanço financeiro divulgado pelo Broadcast.

De acordo com o CEO da fintech, Marcelo Kopel, o resultado é consequência do crescimento da receita e de uma diminuição significativa das despesas operacionais por cliente. 

ANÚNCIO

Em publicação na página da marca, o executivo afirmou que o prejuízo obtido é uma escolha da instituição que optou em investir nos colaboradores, clientes e em novas tecnologias. 

Nubank reduz prejuízo no primeiro semestre
Fonte: (Reprodução/Internet)

Acompanhe o desempenho da maior fintech do Brasil na primeira metade de 2020. 

Menor prejuízo desde a fundação do Nubank 

O desempenho reportado no primeiro semestre indica redução de 44 milhões do prejuízo, este é o menor déficit do Nubank desde 2013, ano da sua fundação. 

ANÚNCIO

Esta é a segunda baixa nas perdas da empresa. A primeira ocorreu em 2017 com prejuízo de 116 mil reais, ante 122 mil registrado em 2016. 

A fintech vem trabalhando ‘no vermelho’ nos últimos anos em razão do crescimento dos usuários de seus serviços, o que requer mais investimentos e provisões, que são os recursos destinados a cobrir possíveis inadimplências dos clientes. 

O Nubank também vem expandindo seus produtos com o desenvolvimento de opções de investimentos no mercado de renda fixa. Recentemente, a instituição anunciou o “Resgate Planejado” para os clientes interessados em aplicar seu capital. 

ANÚNCIO

Fintech atinge marca de 26 milhões de clientes 

De acordo com dados do Nubank, a fintech atingiu a marca de 26 milhões de clientes no primeiro trimestre. Este número equivale ao dobro de usuários registrados no ano passado que foi de 11 milhões. 

Marcelo Kopel informou que os clientes do Nubank estão amadurecendo nos últimos tempos e mostrando maior engajamento com a instituição. Para ele, isto ficou claro através do crescimento do volume de transações que impulsionam o aumento das receitas. 

Nubank reduz prejuízo no primeiro semestre
Fonte: (Reprodução/Internet)

Segundo o CEO da fintech, apesar do empresa não cobrar anuidade os serviços de cartão de crédito estão apresentando resultados positivos. 

  • Depósitos: crescimento de 60%, com saldo de 17,3 bilhões de reais;
  • Dinheiro em caixa: 19,9 bilhões de reais no primeiro trimestre;
  • Receita de intermediação financeira: 2,079 bilhões de reais, alta de 104%;
  • Novos clientes: 41 mil por dia.

Aumento da inadimplência na pandemia 

Conforme informado pelo Nubank, a inadimplência cresceu 5,8% no primeiro semestre, período marcado pela rigidez da pandemia, ante a 4,3% em dezembro do ano passado. Já em julho, este índice ficou em 5,7%.

Kopel afirmou que apesar do aumento da inadimplência, o número obtido pela fintech ainda é inferior à média de 7,5% apresentada pelo mercado no mesmo período, de acordo com informações do Banco Central.

ANÚNCIO