Novo vírus com potencial pandêmico é encontrado na China

ANÚNCIO

Há sete meses, os primeiros casos de contaminação do surgiu vírus surgiu em Wuhan, China, foram divulgados na mídia. Quando as primeiras notícias de óbito por coronavírus vieram, quase ninguém acreditava no futuro alastramento dessa doença.

Em pouco tempo o que era apenas uma epidemia na região chinesa foi convertida em pandemia, com a disseminação deste mal por todo do mundo. Alguns governos já respiravam aliviados depois de passarem pelo pior momento com a sua população.

ANÚNCIO

No entanto, depois de flexibilizado o isolamento social uma nova onda de contágio começou em vários locais. Como se já não fosse o suficiente o enfrentamento para conter o segundo contágio, o mundo para e fica em alerta com a possibilidade do surgimento de um novo vírus.

Novo vírus com potencial pandêmico é encontrado na China
Fonte:(reprodução/internet)

Novo vírus com potencial pandêmico é encontrado na China. Entenda como os especialistas apontam esta nova descoberta. Acompanhe o recente pronunciamento do profissional da saúde dos Estados Unidos a respeito do assunto.

Entenda a origem da nova doença

Segundo as notícias recentes, a nova doença é uma sub classificação do vírus H1N1 que foi encontrado em porcos. O novo vírus H1N1 parece que vai dar muita dor de cabeça às autoridades chinesas.

ANÚNCIO

A China já sofreu com o H1N1 em uma pandemia no ano de 2009, mas sobre o novo caso dos porque as informações mostram que não existem dados que comprovem transmissão humana.

O vírus foi intitulado “G4” pelos cientistas e está na mesma divisão da Influenza A, vírus encontrado nas gripes epidêmicas. Segundo os profissionais de pesquisa, a origem da doença ocorreu por meio da mistura genética do vírus.

A preocupação reside na capacidade do Influenza em criar outras formas dele mesmo, que sozinho é composto por 8 fitas de RNA. Diferente por exemplo do vírus atual que possui uma única fita, o que significa menos probabilidade de rearranjo de genes e criação de outros subtipos.

ANÚNCIO

Alerta do G4 no organismo humano

Apesar de não ter ocorrido contágio entre pessoas, foi detectada a presença do vírus em organismo humano. De acordo com o portal Uol, a doença tem se apresentado mais preocupante depois dos acompanhamentos realizados por estudiosos chineses.

O resultado foi obtido por meio dos casos de contaminação que estavam em observação. Atualmente, os contaminados são trabalhadores que criam porcos e registraram quantidade elevada desse vírus no sangue. Isto significa que eles são os novos hospedeiros do G4.

Para cientistas, a descoberta nos coloca em alerta com um “novo potencial pandêmico”. E afirma que a possibilidade de uma futura transmissão entre humanos não pode ser descartada. Também apontaram a importância da monitoração desses casos no setor de produção da carne suína.

Profissional da saúde da Casa Branca se pronuncia

Na última terça feira (30), Anthony Fauci, médico que atua na residência oficial em Washington, informou que a nova doença precisa ser acompanhada. Porém, ainda não é um risco imediato à população por não existir registros de infecções entre pessoas.

Dessa forma, a divulgação da descoberta foi importantíssima para o mundo se prevenir e aprofundar as pesquisas. Assim,  é possível utilizar como base as vacinas desenvolvidas para pandemias anteriores, já que a origem do novo vírus tem relação com doença anteriormente combatida.

Isto nos coloca em posição de vantagem quando comparamos com o vírus atual. Pois quando este foi descoberto e anunciado  pegou todos de surpresa, pois não existia recursos médicos eficazes para evitar a contaminação e a morte de quase 508 mil pessoas.

ANÚNCIO