Natura&Co (NTCO3) tem alta no faturamento no mercado nacional

ANÚNCIO

Na última semana, a empresa brasileira de cosméticos Natura&Co (NTCO3) divulgou dados sobre seu relatório financeiro referente aos meses entre abril e junho. O relatório compreende as marcas controladas como The Body Shop, Aesop, Avon e Natura (NTCO3). 

O balanço indicou aumento de 4% no faturamento da marca Natura (NTCO3), na comparação anual, impulsionado pelo crescimento em 7,9% dos ganhos da companhia com a demanda nacional. 

ANÚNCIO

De acordo com o presidente da empresa, Roberto Marques, o segundo trimestre foi um período de adaptação que exigiu resiliência do grupo empresarial. 

Natura&Co (NTCO3) tem alta no faturamento no mercado nacional
Fonte: (Reprodução/Internet)

Acompanhe o desempenho de uma das maiores empresas de cosmético do mundo.

Vendas online cresceram com a quarentena

A Natura&Co (NTCO3) informou que os negócios virtuais promoveram o aumento do faturamento no segmento de beleza no mercado brasileiro, já que a quarentena levou as vendas online a cresceram 225% no segundo trimestre. 

ANÚNCIO

Segundo Roberto, foi possível identificar que o consumidor aumentou os cuidados consigo mesmo e também mostrou interesse em presentear pessoas à distância, durante o distanciamento social. O setor de fragrância foi o mais procurado para presentes, afirmou.

Sem muitos detalhes, a companhia demonstrou que o segmento de maquiagem recuou, mas foi compensado pela demanda dos produtos de cuidado pessoal, corpo e higiene que mostraram bom desempenho entre abril e junho. 

De acordo com o executivo, este resultado decorre da migração das vendas diretas para o mundo online, que teve seu processo intensificado com a pandemia.

ANÚNCIO

As empresas controladas Aesop e The Body Shop tiveram grande parte de seus investimentos aplicados no e-commerce, resultado no crescimento 430% e 230% no volume de vendas, respectivamente. 

A Natura&Co teve cerca de 90% de suas filiais ao redor do mundo com seu funcionamento suspenso durante as altas curvas de contaminação em vários países. 

Receita líquida, Ebitda e despesas

Apesar da aumento de sua participação no formato online, a Natura&Co mostrou prejuízos em outros dados da demonstração financeira.

  • Receita líquida: 7 bilhões de reais, baixa de 12,7%
  • Ebitda (lucro antes juros, impostos e depreciação): 652 milhões, recuo de 25,4% na comparação anual.

O percentual do Ebitda foi resultado da redução de despesas operacionais atrelada aos incentivos fiscais dos governos dos países onde o grupo atua. Segundo a empresa, o desempenho ficou 9% acima do projetado. 

A empresa destacou que a capitalização ofereceu o suporte que a marca precisava para reduzir o montante de dívida líquida e impulsionar o processo de digitalização da marca. Também, informou que as operações mais importantes deste setor irão ocorrer nos próximos meses.

ANÚNCIO