Movida (MOVI3) tem perda de 94% lucro durante a pandemia

ANÚNCIO

A locadora de veículos brasileira Movida (MOVI3) encerrou o segundo trimestre com 2,6 milhões de reais de lucratividade, perda de 94% no lucro líquido na comparação anual conforme relatório financeiro.

Apesar dos impactos do coronavírus no mercado de mobilidade, o Itaú BBItaúTUB4) manteve a recomendação de compra dos papéis da empresa, bem como prosseguiram no preço-alvo de R$ 19,50 para as ações da Movida, segundo o Valor Investe.

ANÚNCIO

De acordo com os especialistas, o resultado operacional da locadora de veículos brasileira ainda foi positivo, sobretudo nos negócios de veículos seminovos.

Movida (MOVI3) tem perda de 94% lucro durante a pandemia
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja qual foi a performance financeira da Movida no segundo trimestre

Dados financeiros do relatório trimestral

A Movida obteve prejuízo no lucro líquido, mas outros dados financeiros apontaram recuperação diante do desempenho registrado no primeiro trimestre, por meio da redução de despesas.

ANÚNCIO
  • Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização): 151,3 milhões, com aumento de 10 pontos percentuais na margem;
  • Receita líquida: avanço de 9,6%, para 1,05 bilhão de reais;
  • Vendas de veículos seminovos: crescimento de 14,9%, para 18,5 mil carros negociados;
  • Lucro bruto: alta de 215%, para 46,9 milhões de reais;
  • Receita líquida varejo: baixa de 34%, para 174 milhões de reais

Veículos seminovos e diárias

Os negócios de veículos seminovos foram os que mais se destacaram no balanço entre abril e junho, resultando no crescimento de 21% da receita, a 749,1 milhões de reais, quando comparado com o segundo trimestre de 2019.

Movida (MOVI3) tem perda de 94% lucro durante a pandemia
Fonte: (Reprodução/Internet)

Segundo a Movida, cada automóvel foi vendido por 40 mil reais, representando um aumento de 5,6% do preço negociado no ano passado.

Quanto à divisão de diárias, a baixa foi de 7,5%, para 3,5 milhões de reais. A perda nos ganhos deste setor foi reflexo do recuo de 34% do segmento de varejo.

ANÚNCIO

Veículos de frota e taxa de ocupação

  • Redução de 4,6 mil veículos de frota como tática para amenizar a crise do coronavírus
  • 72,9% de taxa de ocupação, ante a 73,6% e 75,2% referente ao segundo trimestre do ano passado e primeiro trimestre de 2020, respectivamente.

A Movida encerrou junho com frota de 105.698 carros, o que correspondeu a um corte de 13 mil carros. Também, a empresa promoveu redução de 17% das despesas, de acordo com o balanço divulgado.

ANÚNCIO