Microsoft (MSFT34) faz aquisição da empresa proprietária da Bethesda

ANÚNCIO

A Microsoft (MSFT34) anunciou que irá comprar a ZeniMax Media, a dona da editora de videogames Bethesda, por US$ 7,5 bilhões em dinheiro. Esta é a maior aquisição de jogos da história da empresa de Bill Gates.

Em 2014, a companhia comprou o Mojang Studios, o estúdio por trás do popular título Minecraft, por US$ 2,5 bilhões. Rapidamente, o game se tornou o jogo mais vendido do mundo, com mais de 200 milhões de cópias vendidas.

ANÚNCIO

Já a aquisição da Bethesda dá à Microsoft (MSFT34) acesso a uma série de franquias de jogos de sucesso, incluindo a série de games RPG Fallout e The Elder Scrolls e a franquia de atiradores Doom.

Microsoft (MSFT34) faz aquisição da empresa proprietária da Bethesda
Fonte: (Reprodução/Internet)

Microsoft (MSFT34) tem planos de adquirir os futuros jogos da Bethseda

Neste ano, a Microsoft (MSFT34) vem investimento pesado na expansão de seu catálogo de games. De acordo com o CEO da empresa, Satya Nadella, os jogos são a categoria mais expansiva da indústria do entretenimento já que todo mundo recorre a este recurso para se conectar e socializar com os amigos.

O executivo também informou que com a aquisição da ZeniMax Media, a Microsoft (MSFT34) expandirá sua equipe para 23 times de estúdio criativo e adicionará os jogos da Bethesda ao Xbox Game Pass.

ANÚNCIO

Isso inclui a intenção da Microsoft de trazer os futuros jogos da Bethesda para o Xbox Game Pass no mesmo dia em que forem lançados no Xbox ou PC”, completou Satya Nadella.

A empresa de software declarou que pretende inserir o próximo jogo de tema espacial da Bethesda, Starfield, no Xbox Game Pass no dia do lançamento.

ZeniMax irá operar de forma independente

Em exclusividade ao CNBC, o chefe do Xbox da Microsoft (MSFT34), Phil Spencer, afirmou que a ZeniMax Media continuará a operar de forma independente após a aquisição e sugeriu que não irá ocorrer cortes na empresa.

ANÚNCIO
Microsoft (MSFT34) faz aquisição da empresa proprietária da Bethesda
Fonte: (Reprodução/Internet)

O negócio chega em um momento em que o interesse por videogames aumentou devido à Covid-19. A demanda por jogos explodiu quando os países adotaram as medidas de isolamento social.

Como resultado, as empresas do segmento relataram lucros e receitas crescentes. De acordo com análise da Newzoo, a previsão é que a indústria de games gere receitas de US$ 159,3 bilhões este ano.

Vale lembrar que a Microsoft teve perda de 15% do faturamento devido ao fechamento definitivo das filiais da Microsoft Store e declarou, na época, que iria focar na ampliação de seu catálogo digital.

ANÚNCIO