Mercedes-Benz, da Daimler (DAI), revela novo SUV elétrico

ANÚNCIO

A Mercedes-Benz, da Daimler (DAI), apresentou na quarta-feira (20) o EQA, um novo SUV elétrico compacto como parte dos planos para enfrentar o rival Tesla Inc (TSLA) e oferecer mais veículos livres de emissões aos consumidores para cumprir as metas na Europa e China.

O EQA, o primeiro de vários modelos elétricos que a Mercedes-Benz planeja lançar este ano, terá inicialmente um alcance de 265 milhas (426 quilômetros), com um modelo de 500 quilômetros chegando depois, disse a montadora de carros premium em uma apresentação de vídeo.

ANÚNCIO

O SUV EQA estará à venda na Europa a partir do dia 4 de fevereiro, no conselho de administração que Britta Seeger, chefe de vendas da Mercedes, descreveu como contendo preços muito atraentes.

Mercedes-Benz, da Daimler (DAI), revela novo SUV elétrico
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja mais: Daimler (DAI) vai investir mais em veículos elétricos

Vendas de VEs aumentaram 122% na Europa

As vendas de veículos elétricos (VEs) decolaram na Europa no ano passado, enquanto as montadoras lutavam para cumprir as metas de emissões zero de CO² da União Europeia. 

ANÚNCIO

As vendas receberam um impulso de subsídios incluídos em medidas de estímulo econômico implementadas na França e na Alemanha, em particular. As vendas de modelos totalmente elétricos e híbridos plug-in aumentaram 122% em toda a União Europeia durante os três primeiros trimestres de 2020.

A Mercedes-Benz descreve o seu novo EQA como um modelo de entrada urbano, e Seeger, membro do conselho da montadora, elogiou sua sustentabilidade, versatilidade e aparência renovada.

Assim como as metas de emissões de CO², os fabricantes de automóveis enfrentam proibições de veículos movidos a combustíveis fósseis que entram em vigor já em 2030 em alguns mercados.

ANÚNCIO

Tesla (TSLA) ainda domina mercado de VEs

A montadora de carros elétricos Tesla (TSLA) saiu na frente das montadoras tradicionais, que investem vastamente em veículos movidos a combustíveis fósseis, e dominou as vendas globais de veículos elétricos. 

O Tesla Model 3 para o mercado de massa é o VE mais vendido do mundo, seguido em distante segundo lugar pelo Zoe da Renault (RNO). Modelos chineses também estão ganhando destaque, conforme a China aumenta subsídios para suas montadoras de VEs.

Daimler (DAI) irá solucionar falta de chips para VEs

A chefe de vendas da unidade Mercedes-Benz da Daimler (DAI) está confiante de que a empresa resolverá os gargalos dos semicondutores com os fornecedores, e também minimizará o impacto nos clientes, disse ela na quarta-feira.

As montadoras e fabricantes de eletrônicos estão enfrentando uma escassez de chips à medida que a demanda do consumidor se recupera de uma queda causada pela pandemia do coronavírus que levou a atrasos na fabricação.

“Estamos confiantes de que, junto com os fornecedores, resolveremos esse problema”, disse Britta Seeger aos jornalistas. Ela disse que as entregas de carros em janeiro foram garantidas, mas que a empresa estava, com os fornecedores, procurando possíveis efeitos em fevereiro e março.

Leia também: Xpeng (XPEV) E Nio (NIO) recebem apoio de bancos estatais da China

Traduzido e adaptado por equipe Folha Capital.

Fontes: Reuters e CNBC.

ANÚNCIO