Mercados dos EUA abrem em alta com expectativa de novas vacinas

ANÚNCIO

Os mercados de ações dos EUA abriram em alta na sexta-feira, com alguns relatórios de lucros sólidos ajudando os investidores a analisar um aumento preocupante de casos de Covid-19 e prever o tempo em que as vacinas estarão amplamente disponíveis para controlar a pandemia.

O movimento geral de alta estava em forte contraste com o padrão de grande parte desta semana, que começou com nomes cíclicos e da velha economia se beneficiando às custas de ações de tecnologia.

ANÚNCIO

Veja a seguir os índices das principais bolsas do mercado americano, e de que maneira as ações de resposta à pandemia do coronavírus influenciou os números gerais.

Mercados dos EUA abrem em alta com expectativa de novas vacinas
Fonte: (Reprodução/Internet)

Índices das Bolsas americanas mostram leve alta

Às 11:40 desta manhã constavam os seguintes índices:

  • Dow Jones Industrial Average (DJI) subiu 218 pontos, ou 0,8%, a 29.298 pontos;
  • S&P 500 (INX) também subiu 0,8%;
  • Nasdaq Composite (IXIC) subiu 0,9%;
  • A Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) teve alta de 1.1%.

Na segunda-feira, os benchmarks dispararam em resposta ao anúncio da Pfizer (PFE) de que sua potencial vacina contra coronavírus mostrou-se mais de 90% eficaz na análise preliminar do ensaio clínico. 

ANÚNCIO

Essa rotação inverteu-se durante o resto da semana, à medida que os mercados absorveram os desafios de distribuir as vacinas e o agravamento da situação atual. 

Casos de infecções da covid-19 nos EUA voltam a crescer

Os EUA registraram mais de 153.000 novos casos do vírus na quinta-feira, um novo recorde de infecção, enquanto a taxa média de mortalidade em sete dias subiu para mais de 1.000 pela primeira vez desde agosto. 

Leia também: Vacina contra Covid não recuperará demanda por petróleo, diz IEA

ANÚNCIO

Traduzido e adaptado por equipe Folha Capital.

Fonte: Investing.

ANÚNCIO