Mercados de ações ao redor do mundo demonstram altas

ANÚNCIO

As ações globais subiram timidamente após dias de recordes, uma vez que o plano de estímulo de US$ 1,9 trilhão nos EUA traz otimismo para o mercado, prevalecendo sobre a crescente dos casos de coronavírus e atrasos no fornecimento de vacinas.

O índice ACWI da MSCI, que analisa o movimento das ações de 49 países, apresentou alta de 0,2% na segunda-feira. Os futuros de mini-índices para o S&P 500 (SPX) apresentaram ganhos de 0,3%, indicando alta em Wall Street.

ANÚNCIO

Os mercados globais de ativos alcançaram níveis recordes nos últimos dias, apostando que a vacinação começará a diminuir as taxas de infecção por Covid-19 ao redor do mundo, e com uma recuperação econômica mais robusta dos EUA.

Mercados de ações ao redor do mundo demonstram altas
Fonte: (Reprodução/Internet)

Fique por dentro: Índices dos EUA devem abrir com ganhos

Mercado europeu apresenta ligeira queda

As ações europeias abriram a semana em alta, entretanto apresentaram queda ao meio-dia em Londres, com o STOXX 600 (SXX) europeu apresentando sinais de estabilidade. As 50 maiores ações da Europa caíram por volta de 0,25%. 

ANÚNCIO

A recuperação nos ativos de tecnologia dos EUA para níveis recordes durante a sexta-feira contribuiu para fomentar ganhos na Ásia e na Europa. Ações de tecnologia do continente europeu ganharam 1,2%. Na Ásia, a gigante tecnológica da China, a Tencent (0700) teve alta de 11%.

Legisladores dos Estados Unidos ainda estão em debates acerca do pacote de ajuda à Covid-19, enquanto são levantadas questões como eficácia das vacinas para conter a pandemia, o que leva a preocupações maiores dos investidores.

Ainda há maior atenção voltada para Washington, nos EUA, conforme legisladores entram em consenso de que a vacinação de sua população deve ser uma prioridade, apesar de haver discordâncias acerca do preço do pacote de estímulo.

ANÚNCIO

Ações cíclicas cotadas para performar melhor

Os mercados de finanças esperam uma grande quantia de investimento para a retomada da economia, apesar das divergências no Congresso poderem significar longos períodos de tempo em indecisão conforme mais de 175 mil casos de coronavírus são identificados por dia.

Apesar do recente desempenho positivo no setor de tecnologia, os investidores continuam a alegar que as ações cíclicas e de valor irão apresentar uma performance superior conforme as economias ao redor do mundo se recuperam da crise.

“Embora bloqueios renovados e restrições de mobilidade em todo o mundo tenham apoiado os beneficiários que ficam em casa em 2020, não achamos que a rotação para os cíclicos acabou”, declarou o diretor de investimentos da UBS Global Wealth Management, Mark Haefele.

Haefele afirma que uma recuperação econômica mais ampla, uma normalização das atividades conforme as vacinações aumentam e avaliações positivas para mercados emergentes em relação a mercados desenvolvidos são razões para a UBS mudar sua preferência para os mercados emergentes.

Ações dos EUA apresentam alta

Na sexta-feira (22), os índices dos Estados Unidos fecharam a semana em alta, apesar da queda do Dow Jones (DJI) de 0,57%, o S&P 500 (SPX) e o Nasdaq (IXIC) apresentaram bons resultados em seus fechamentos, com o Nasdaq (IXIC) subindo 4%.

“Historicamente, quando os democratas controlam a Casa Branca e o Congresso, os retornos do SMID-cap excedem o large cap. Além disso, os SMID-caps são mais voltados para o mercado interno, o que deve se beneficiar dos gastos com infraestrutura locais”, declararam estrategistas do BofA (BAC).

Mercado asiático dispara

Na Ásia o sentimento positivo recebeu impulsos de um relatório que afirma que a China teria ultrapassado os EUA como o maior receptor de investimento estrangeiro direto durante o ano passado, com US$ 163 bilhões de ganhos externos.

O índice do MSCI que mede ações da Ásia-Pacífico teve alta 1,2%, chegando próximo do recorde de 727,31 atingido na semana passada. O índice está indo para seu quarto aumento mensal seguido, com ganhos de quase 9% até então. O Nikkei japonês subiu 0,8%.

O mercado de ações da Austrália apresentou ganhos de 0,4% após o órgão regulatório de medicamentos do país expedir a aprovação da vacina contra o coronavírus da Pfizer (PFE) e BioNTech (BNTX).

Na China, as ações também apresentaram alta, com o índice de blue chips CSI300 (000300) demonstrando ganhos de 1%. Enquanto isso, o índice Hang Seng (HSI) de Hong Kong saltou mais de 2,4%, conforme os papéis de tecnologia valorizavam.

Leia também: Rendimentos do Tesouro dos EUA caem conforme mercado se recupera

Traduzido e adaptado por equipe Folha Capital.

Fontes: Reuters e SouthChina Morning Post.

ANÚNCIO