Mercado dos EUA deve abrir em baixa nesta sexta-feira

ANÚNCIO

As ações dos EUA devem abrir em baixa na sexta-feira (11), à medida que os legisladores continuam prevaricando sobre um novo pacote de alívio do coronavírus enquanto a perspectiva econômica enfraquece.

Os índices monetários estão em curso para uma semana perdedora, que seria o primeiro em três para o Dow Jones Industrial (DJI) e o S&P 500 (SPX), e o primeiro em quatro para o NASDAQ Composite (IXIC).

ANÚNCIO

Apesar das recentes tentativas de tentar chegar a um acordo, os legisladores ainda não resolveram as divergências sobre a ajuda aos governos estaduais e locais, já que o aumento de casos da covid-19 continua prejudicando a economia.

Mercado dos EUA deve abrir em baixa nesta sexta-feira
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja mais: Rendimentos do Tesouro dos EUA caem conforme pacote de estímulo é discutido

Confira os índices do mercado norte-americano

Às 09h05 desta sexta-feira, constavam os seguintes índices futuros:

ANÚNCIO
  • Dow Jones (DJI) caiu 223 pontos, ou 0,7%;
  • S&P 500 (INX) negociou menos 30 pontos, ou 0,8% abaixo;
  • Nasdaq 100 (IXIC) caiu 95 pontos, ou 0,8%. 

No setor corporativo, o Airbnb (ABNB) estará em foco depois que as ações do site de compartilhamento de casas mais que dobraram em seu primeiro dia de negociação na quinta-feira, continuando a onda de IPOs após a estreia de Doordash (DASH) na quarta-feira (9).

Um acordo para um novo pacote de estímulo ao coronavírus permanece distante, depois que os líderes republicanos do Senado rejeitaram na quinta-feira (10) um pacote de ajuda de US$ 908 bilhões, proposto por um grupo bipartidário de legisladores.

Os pedidos de seguro-desemprego semanais saltaram para 853.000 na quinta, o maior número desde setembro. Isso segue o crescimento da folha de pagamento não agrícola de apenas 245.000 na sexta-feira passada, uma forte desaceleração em relação aos 610.000 empregos criados no mês anterior.

ANÚNCIO

Especialistas aprovam vacina da Pfizer (PFIZ34) na quinta-feira

No lado positivo, a Food and Drug Administration dos EUA deve autorizar a vacina contra covid-19 da Pfizer (PFE) para uso de emergência nos EUA em um futuro muito próximo, depois que um painel de especialistas deu sua aprovação na quinta-feira.

O lançamento desta vacina será muito necessário quando os casos nos EUA atingirem níveis recordes, com o número de mortes de coronavírus acima de 3.000 na quinta-feira pelo segundo dia consecutivo, e os estados anunciando mais restrições.

Leia também: Banco Central Europeu libera US$ 600 bilhões em estímulos

Traduzido e adaptado por equipe Folha Capital.

Fonte: Investing.

ANÚNCIO