McDonald’s (MCDC34) tem queda de 2,2% nas vendas

ANÚNCIO

Hoje (9), o McDonald’s (MCDC34) divulgou relatório financeiro indicando queda de 2,2% nas vendas globais devido aos efeitos da pandemia do coronavírus. A rede de fastfood também anunciou o teste de um programa de fidelidade para clientes e lançar um novo sanduíche de frango a fim de retomar plano de crescimento.

Além disso, a companhia irá lançar linha “McPlant” de itens de menu à base de plantas, embora se recusou a dizer quais fornecedores usaria para hambúrgueres, frango e itens de café da manhã. Anteriormente, a empresa testou um hambúrguer “PLT” vegano, da Beyond Meat, no Canadá.

ANÚNCIO

Apesar da baixa nas vendas, a maior marca de hambúrgueres do mundo superou as estimativas de receita e lucro para o terceiro trimestre, quando os clientes ao redor do mundo procuraram seus alimentos em unidades e aplicativos de delivery durante a quarentena.

McDonald's (MCDC34) tem queda de 2,2% nas vendas
Fonte: (Reprodução/Internet)

Leia mais: Marfrig compra produtora de carne para hambúrguer por US$ 4,6 milhões.

McDonald’s (MCDC34) reporta queda em receita trimestral

Também com dados negativos, a receita total do McDonald’s (MCDC34) sofreu queda de 2% para US$ 5,42 bilhões nos três meses encerrados em 30 de setembro, em grande parte se recuperando da queda de mais de 30% registrada no segundo trimestre.

ANÚNCIO

Ainda sim, o desempenho da foi acima do esperado pelos analistas que estimaram receita de US$ 5,40 bilhões, segundo dados do IBES da Refinitiv. Na contramão do prejuízo, o lucro líquido aumentou 10%, para US$ 1,76 bilhão.

  • McDonald’s (MCDC34) ganhou $ 2,22 por ação, superando as estimativas de US$ 1,90.

Apesar de alguma recuperação nas vendas e margens melhores do que o previsto, a rede de fast food ainda está pressionada nos principais mercados fora dos Estados Unidos, incluindo França, Alemanha e Grã-Bretanha, por novas restrições e fechamento de lojas devido ao aumento nos casos de coronavírus.

Traduzido e adaptado por Equipe Folha Capital.

ANÚNCIO

Fonte: Reuters.

ANÚNCIO