LVMH (MC) desiste de comprar Tiffany & Co (TIFF34)

ANÚNCIO

A empresa LVMH (MC), marca francesa dona da Louis Vuitton, comunicou que desistiu de finalizar a compra da marca de joias americana Tiffany & Co. (TIFF34).

A companhia afirmou que a decisão foi tomada após supostas ameaças de tarifação sobre os produtos franceses nos Estados Unidos. Por outro lado, a joalheria entrou com processo contra a LVMH (MC) alegando violação de obrigações.

ANÚNCIO

No ano passado, o grupo europeu iniciou tratativas para compra da Tiffany (TIFF34) pelo valor histórico de 16,2 bilhões de dólares o que promoveria o aumento do portfólio de investimentos em empresas americanas.

LVMH (MC) desiste de comprar Tiffany & Co (TIFF34)
Fonte: (Reprodução/Internet)

Saiba mais detalhes da negociação das empresas de luxo do exterior.

LVMH (MC) pede adiamento de aquisição da Tiffany (TIFF34)

Em comunicado, a LVMH (MC) informou que os Estados Unidos ameaçaram impor tarifas sobre as mercadorias francesas o que levou o conselho do grupo a solicitar o adiamento da aquisição da Tiffany (TIFF34) para janeiro de 2021.

ANÚNCIO

No mesmo veículo de comunicação, a empresa europeia complementou que a marca americana requereu a extensão das tratativas para a fusão de 24 de novembro até o final de dezembro deste ano, o que não foi atendido pelo conselho da LVMH (MC).

Em meio às tensões, a joalheria recorreu às vias judiciais pedindo para que o grupo francês concluísse a transação e rebatendo as alegações da LVMH (MC) sobre descumprimento de condições do acordo. Com este desentendimento, a dona da Louis Vuitton optou em desistir da compra.

Reação do mercado em meio às tensões

Após as divergências sobre as negociações de aquisição, as ações da Tiffany (TIFF34) operaram em baixa de 13% no pré-market na Bolsa de Nova York (NYSE). Já as ações da LVMH (MC) apresentaram recuo menos significativo de 0,9% no mercado europeu.

ANÚNCIO
ANÚNCIO