Lucro da Saudi Aramco (222) cai 45% com fraca demanda por petróleo

ANÚNCIO

Nesta terça-feira (3), a Saudi Aramco (222) informou que percebeu lucro US$ 11,8 bilhões, queda de 44,6%, no terceiro trimestre de 2020 em comparação com o mesmo período do ano passado.

Este desempenho foi reflexo dos danos à demanda e aos preços de petróleo causados pela pandemia do coronavírus, que continua ameaçando o mercado de combustível com a segunda onda de contaminação.

ANÚNCIO

Apesar deste cenário, o resultado está alinhado com as estimativas dos analistas, revelando uma recuperação da baixa histórica da receita no segundo trimestre, com tombo de 24,75 bilhões de riais (moeda da Arábia Saudita) nos lucros.

Lucro da Saudi Aramco (222) cai 45% com fraca demanda por petróleo
Fonte: (Reprodução/Internet)

Saudi Aramco (222) reporta recuo no mercado de petróleo

Em comunicado, a petrolífera saudita reportou recuo dos preços do petróleo bruto e dos volumes de vendas do combustível. Também em ritmo de queda, a Saudi Aramco (222) indicou margens de refino e produtos químicos mais fracas.

  • Taxas de royalties do petróleo caíram de 20% para 15%.
  • Dividendo de US$ 18,75 bilhões no terceiro trimestre.

Como praticamente todos os produtores de petróleo, a empresa anunciou cortes significativos nas despesas de capital, uma vez que os preços do petróleo caíram com o início da pandemia.

ANÚNCIO

Por outro lado, entre os meses de julho e setembro a companhia realizou investimento de US$ 6,4 bilhões com projetos que incluem um planejamento de US$ 20 bilhões referente ao petróleo bruto para produtos químicos com a Saudi Basic Industries Corporation (SABIC).

Companhia faz previsões para gastos em 2020

A empresa disse que espera que os gastos de capital sejam inferiores à faixa de US$ 25 bilhões a US$ 30 bilhões em 2020, em comparação com US$ 32,7 bilhões em 2019.

Durante a abordagem sobre relatório financeiro, a Aramco declarou que continua a executar programas de otimização e eficiência de gastos de capital em resposta ao ambiente de negócios atual.

ANÚNCIO

Leia mais: Preços do petróleo caem mais de 5% com aumento de casos da Covid-19.

Petrolífera movimenta Bolsa da Arábia Saudita

Em 2019, a Aramco listou 1,5% de suas ações na Bolsa de Valores da Arábia Saudita, Saudi Tadawul. Para os analistas este ano, a empresa mudou muitas de suas prioridades, incluindo o compromisso com os acionistas.

Com a divulgação do balanço, o preço das ações da Aramco (222) subiu pouco menos de 1%, a 34,50 riais por ação, uma hora após a abertura do mercado. O petróleo Brent estava sendo negociado a US$ 39,55 por barril, após cair drasticamente no início desta semana.

O benchmark internacional de petróleo caiu mais de 36% no acumulado do ano puxado pelo quadro de vários países europeus que retomaram as medidas de restrições devido ao aumento de casos do coronavírus.

Traduzido e adaptado por Equipe Folha Capital.

Fonte: CNBC News.

ANÚNCIO