Lucro da Movida (MOVI3) tem queda de 38% no trimestre

ANÚNCIO

Ontem (10), a Movida (MOVI3) divulgou balanço do terceiro trimestre e indicou lucro de R$ 37,2 milhões entre julho e setembro o que representou queda de 38,2% quando comparado ao mesmo período do ano passado.

Por outro lado, a performance da locadora de veículos foi 1330,8% acima do resultado reportado segundo trimestre de 2020. Conforme o relatório financeiro, o lucro Ebitda cresceu 40,9%, para R$ 213,2 milhões.

ANÚNCIO

No pregão do Ibovespa (IBOV) desta quarta-feira (11), as ações Movida (MOVI3) caem 3,72% minutos após a abertura do mercado. Porém, no terceiro trimestre os papéis da companhia registraram valorização de 23,65%.

Lucro da Movida (MOVI3) tem queda de 38% no trimestre
Fonte: (Reprodução/Internet)

Movida (MOVI3) registra receita de R$ 1 bilhão

Consoante ao relatório da empresa, a Movida gerou receita de R$ 1 bilhão no terceiro trimestre, um aumento de 3,6%. Desse montante, R$ 641 milhões foram referentes ao setor de automóveis seminovos.

  • Receita de veículos seminovos: alta de 9,6% na comparação anual.

O diretor-financeiro da Movida, Edmar Lopes, afirmou que a companhia voltou a crescer e que está preparada para continuar sua recuperação ao longo do quarto trimestre. Os meses entre julho e setembro marcaram um período de transição para muitas marcas que tentam emergir da crise do coronavírus.

ANÚNCIO

Receita de locação da companhia cai 4,9%

Ainda, a Movida reportou recuo de 4,9% na receita de locação de automóveis no varejo, para R$ 395 milhões, em relação ao mesmo período de 2019. No entanto, na comparação trimestral a receita cresceu 32%.

Conforme o CEO da Movida, Renato Franklin, a divisão de locação no varejo foi impulsionada pela demanda do turismo no país. Apesar do valor da diária ter sido de R$ 70, o que significou R$ 10 abaixo da média do ano passado, as tarifa de aluguel já estão nos níveis pré-Covid.

Leia mais: Localiza e Unidas fecham acordo para combinação de negócios.

ANÚNCIO
ANÚNCIO