Japão vive pior momento na economia

ANÚNCIO

Uma estimativa gerada pelo mundo era de que outros países asiáticos ,depois da China, teriam as mesmas proporções de disseminação no vírus. No entanto, o Japão surpreendeu neste aspecto.

O governo japonês reagiu de forma rápida com as medidas de prevenção, incluindo iniciativas fiscais e aplicando um orçamento emergencial de 2,5 milhões de dólares no combate à pandemia.

ANÚNCIO

Apesar das ações eficazes, o país sofreu um grande baque em sua economia que atualmente é a terceira maior potência, atrás somente da China e dos Estados Unidos. Sem sombra de dúvidas, o Japão precisou refazer sua rota no mercado para evitar maiores estragos.

Japão
Fonte:(reprodução/internet)

Japão vive o pior momento na economia. Entenda o atual cenário da economia japonesa. Veja também como ocorrerá a organização de um dos maiores eventos esportivos do mundo, que terá Tóquio como sede.

Olimpíadas em Tóquio

O mundo todo se preparava para o acontecimento tão importante esperado, que acontece a cada 4 anos, as Olimpíadas. O evento estava previsto para ser realizado no ano de 2020, no mês de julho.

ANÚNCIO

Entretanto, assim como diversas programações deste ano, os jogos olímpicos precisaram ser remarcados devido toda a circunstância causada pela pandemia.  A cidade que foi escolhida para sediar a competição foi Tóquio, Japão.

Apesar do governo do país já ter anunciado no mês de junho que agora estão retomando suas atividades, ainda assim, um evento global é inviável para este ano. Logo, as Olimpíadas ficaram agendadas para 2021.

De acordo com a página Globo Esporte, a logística dos jogos precisará ser alterada. Foi proposta uma versão mais econômica e simplificada da programação, tendo em vista a atual situação econômica do país e a importância de manter as precauções quanto ao vírus.

ANÚNCIO

Japão contra a pandemia

O país asiático é um dos que mais tem investido em projetos contra a pandemia que assolou o mundo. Ao que tudo indica, o primeiro-ministro japonês tem feito planejamentos para destinar mais de 290 milhões dólares para uma pesquisa de vacina contra o novo vírus.

Para o governo, a forma mais eficaz de retomar a estabilidade econômica não só no seu país como no mundo inteiro é descobrindo a imunização contra este mal. Apesar das péssimas perspectivas para sua economia, o Japão está comprometido com a mudança desse cenário.

Segundo o seudinheiro, o relatório apresentado pelos órgãos responsáveis pelo setor econômico do país, o Produto Interno Bruto japonês terá uma diminuição de 7,3% no ano de 2020. O que irá marcar o início de tempos delicados para o país.

Contração econômica

Muitas nações estão enfrentando problemas econômicos que não eram vistos há anos desde grandes guerras históricas. O japão é uma das grandes forças do mercado global que vêm passando por momentos tenebrosos de crise pós pandemia.

Para economistas e sites especializados no mercado, o país deve se arquitetar para encarar um retrocesso nas suas finanças, desenvolvimento, empregos, etc. Apesar dos registros apontarem uma queda inferior na economia, os dados ainda são preocupantes.

Conforme o site MoneyTimes, a retração está estimada em 2,2% e que não existem previsões otimistas para este ano. De acordo com o governo japonês, o foco está em ajudar as empresas a reduzirem a colisão da pandemia na economia do país.

Outra ação que está sendo colocada em prática é a manutenção dos empregos, tendo em vista que, o crescimento de desemprego pode piorar ainda mais o quadro de crise. Infelizmente, ao que tudo indica, 2020 será um período de recessão para os japoneses.

ANÚNCIO