Itaú (ITUB4) e Bradesco coordenarão capitalização do IRB Brasil

ANÚNCIO

Recentemente foi anunciado pelo IRB Brasil a participação dos bancos Bradesco (BBDC4) e ItItaúITUB4) no gerenciamento capitalização de bilhões de reais que serão movimentados pela resseguradora, com o intuito de alinhar seus ativos que estavam com a imagem prejudicada no mercado.

As duas instituições bancárias fazem parte do grupo de acionistas da IRB e possuem um interesse em comum que é permanecer com a participação ativa no desenvolvimento desse negócio que vem apresentado resultados abaixo do esperado.

ANÚNCIO

O ano de 2020 tem sido duro com a companhia que perdeu cerca de 90% de seus lucros, o que está diretamente ligado com os acontecimentos polêmicos que vivenciou. Dentre eles, suspeitas de fraude por parte de executivos do empreendimento.

Itaú e Bradesco coordenarão capitalização do IRB Brasil
Fonte: (Reprodução/Internet)

Entenda o motivo da interferência dos bancos nas operações da empresa e quais serão os benefícios desta iniciativa.

Atuação dos bancos nas operações do IRB

O Bradesco (BBDC4) e Itaú (ITUB4) fazem parte dos grupos de empresas que possuem quantidade significativa de ações no IRB Brasil. Atualmente, os bancos querem intensificar a participação na administração desta companhia.

ANÚNCIO

Visando isso, as instituições foram chamadas para participar da capitalização de no mínimo 2,9 bilhões de reais. Este montante é destinado para a ampliação do capital da resseguradora que precisa se encaixar com urgência nos critérios estabelecidos pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), segundo informações do MoneyTimes.

De acordo com os executivos da IRB, esta iniciativa tem o intuito final de valorizar seus ativos no mercado e recuperar a solidez de seus investimentos. A estratégia é de impactar positivamente o cenário atual e futuro do empreendimento.

A medida resultará também na retomada da [boa imagem perante o mercado financeiro, devolvendo a credibilidade e confiabilidade dos líderes do mercado de resseguros no Brasil. Os representantes do Itaú (ITUB4) afirmam estar animados com a novidade.

ANÚNCIO

Itaú e Bradesco coordenarão capitalização do IRB Brasil
Fonte: (Reprodução/Internet)

Há a informação de que o banco tem interesse em intensificar sua atuação na empresa, a qual é um dos sócios majoritários, e a coordenação desta capitalização é a oportunidade ideal.

Há pouco tempo atrás, o IRB tinha capital da União, porém com a privatização o ente federativo e o Banco do Brasil retiraram seu gerenciamento. Atualmente, o Bradesco (BBDC4) tem 15,23% das ações do IRB enquanto o Itaú (ITUB4) possui 11,14%

Polêmica reforça a fiscalização

Recentemente a resseguradora se envolveu em polêmicas. No primeiro semestre de 2020, foi anunciado o desligamento de um dos executivos do IRB devido a comprovação da realização de fraudes nas negociações da corporação.

Em razão do acontecimento, a SUSEP foi acionada e declarou que faria uma intervenção rígida na instituição. A fiscalização também foi impulsionada pelo descumprimento do desempenho dos ativos da empresa que não estavam oferecendo a liquidez básica estipulada para o mercado.

O Investing.com noticiou que o primeiro semestre foi desastroso para a instituição que faturou cerca de 13,87 milhões de reais, o que corresponde a uma queda de 90% do faturamento já obtido pela marca no ano passado.

Visando conter essas perdas e atender às exigências do órgão de fiscalização, a capitalização com a participação do Itaú (ITUB4) e Bradesco (BBDC4) foi elaborada. Esta operação tem previsão de ocorrer até o mês de setembro, período que as empresas já devem ter o modelo da movimentação.

ANÚNCIO