Investimentos em imóveis – Como investir sem comprar

ANÚNCIO

Com o passar dos anos, o Brasil vem desconstruindo a ideia de que investimento bom é só investimento em imóveis de parede e tijolos. A geração de investidores que vem surgindo tem olhado outras opções para aplicar seu dinheiro no setor imobiliário sem comprar imóvel.  

Essa tendência passou a acontecer pelos altos preços de aquisição e manutenção de um imóvel combinado ao surgimento de outras opções para aplicação de capital com melhor liquidez. 

ANÚNCIO

Hoje em dia, o mercado financeiro oferece alternativas que podem requerer um custo de investimento inferior ao valor de compra de um imóvel e apresentar maior liquidez. Também, em certos casos o imposto de renda poderá não ser cobrado. 

Investimentos em imóveis - Como investir sem comprar
Fonte: (Reprodução/Internet)

Confira as opções de investimentos imobiliários no mercado.

Letra de Crédito Imobiliário (LCI) – Opção mais segura

Na LCI, o investidor possui garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), associação que assegura a recuperação de operações feitas em instituições financeiras. Isto é, caso ocorra falência do banco o FGC resguarda os créditos e depósitos realizados pelos clientes. 

ANÚNCIO
  • Investimento de renda fixa;
  • Título privado;
  • Emitido por bancos;
  • Rendimento atrelado ao CDI;
  • Prazo superior a um ano;
  • Isento de imposto de renda.

Certificado de Recebíveis Imobiliários – Nível de risco maior

  • Recebimento de montante referente à dívida quando paga;
  • Risco de calote;
  • Próprio imóvel como garantia;
  • Isento de imposto de renda.

Letra Imobiliária Garantida (LIG) – Investimentos híbrido

  • Investimento de renda fixa híbrido (composto por mais de um título privado);
  • Emitido por bancos;
  • Não tem garantia do Fundo Garantidor de Créditos;
  • Garantia vinculada à carteira imobiliária da instituição financeira ;
  • Vencimento de no mínimo dois anos.

Fundos de investimento imobiliário – Imóveis ou papéis 

  • Aplicação em imóveis ou papéis lastreado ao mercado imobiliário;
  • Investimento de renda variável;
  • Distribuição de valores comparados aos dividendos da renda variável (isento de imposto de renda);
  • Rendimento com venda de cota de fundos (incide tributação).

Ações e fundos setoriais – Investimento ousado 

  • Opção mais arriscada;
  • Investimento em ações de construtoras listadas na Bolsa de Valores.

Os investimentos em fundos setoriais residem na aplicação de capital em fundo que compra exclusivamente ações de empresas que atuam no mercado imobiliário. Tanto esta opção quanto as ações são alternativas da renda variável. 

Os especialistas recomendam que para destinar dinheiro para investimentos desse formato, o perfil do investidor deve ser pelo menos moderado. Isto porque o público conservador prefere atuar em opções mais seguras oferecidas por outros papéis privados ou títulos públicos que não ofereçam risco. 

ANÚNCIO