Investidores não veem com bons olhos investir em infraestrutura no Brasil

ANÚNCIO

O Brasil é um dos países em desenvolvimento que mais chamam atenção dos investidores internacionais. Além dos recursos naturais e de produção agrícola que o torna um potência, aqui também reside a economia mais promissora da América Latina.

No entanto, com a crise que pegou todos de surpresa, esse panorama otimista tem sido prejudicado. Não só por questões de dificuldade no combate ao novo vírus, mas também no que tange o âmbito político.

ANÚNCIO

As estimativas no ramo da infraestrutura no Brasil eram ótimas para o ano de 2020, porém a mesma perspectiva não se aplica agora. Infelizmente, a crescente que este mercado apresentou nos últimos anos, não irá se repetir até o fim da pandemia.

Investidores não veem com bons olhos investir em infraestrutura no Brasil
Fonte:(reprodução/internet)

Investidores não veem com bons olhos investir em infraestrutura no Brasil. Entenda como este ramo vem reagindo diante a crise econômica causada pelo novo vírus. Saiba também como os especialistas avaliam o mercado brasileiro no momento.

Infraestrutura no Brasil

O ramo de infraestrutura no país apresentou grandes avanços nos dois últimos anos, segundo informações divulgadas pelo portal G1, o ano de 2019 foi um período favorável para um crescimento de mais de 13 bilhões de reais.

ANÚNCIO

A estimativa para 2020 era de um disparo de 143 bilhões.  Porém o seguimento foi interrompido com a crise que tem assolado o Brasil e o mundo. Um apontamento preocupante é o planejamento de investidores quando falamos em aplicações a curto prazo.

O capital que seria empregado em infraestrutura brasileira tem sido destinada às finalidades mais urgentes em razão da pandemia. Especialistas afirmam que é necessário promover o reequilíbrio de outros negócios.

Perspectivas futuras

A Associação Brasileira de Infraestrutura, aponta que os investidores privados não conseguirão retomar os investimentos em pouco tempo. Esse assunto tem preocupado até mesmo o setor público que tem criado métodos alternativos de injetar capital neste mercado.

ANÚNCIO

A análise da queda nos índices de crescimento deste ramo é devido a ausência de percentuais totais sobre os valores fixos em torno de 25% do Produto Interno Bruto. Para que o Brasil cresça é necessário apresentar pelo menos 3% dessa taxa por ano, que corresponde ao valor acima.

Apesar do pessimismo previsto a curto prazo, o cenário muda quando analisado em um período de 2 anos. A perspectiva se mantém constante no crescimento para 2022, de acordo com os investidores deste mercado.

Panorama geral de investidores sobre o país

É interessante estarmos de olho nos grandes investidores do país e do mundo para acompanharmos as estimativas para o setor econômico. Ainda que diante de uma crise rigorosa prevista para este ano e provavelmente para 2021, alguns apontamentos podem ser bons a longo prazo.

Para os especialistas do exterior, investir no Brasil ainda é uma grande estratégia apesar do atual momento não ser otimista. Mas na realidade, essa incerteza no mercado não é apenas para nós, mas para os países de uma forma geral.

Algumas empresas voltadas para o mercado financeiro como a Cada Pension Plan Investment Board acreditam que apesar da instabilidade, a estimativa de médio a longo prazo é positiva. Exemplo disso é que grandes companhias internacionais continuam inserindo o Brasil em grande parte dos seus portfólios de ativos.

Interesse dos brasileiros pelo mercado externo

Com a onda de improbabilidade no mundo, o público brasileiro interessado em mercado financeiro tem voltado os seus olhos para as investimentos no exterior. Apesar das oscilações, o mercado internacional ainda parece ser mais sólido que o brasileiro.

Baseado nesta suposta segurança, os investidores do país têm expandido sua cesta de aplicações e inserido ações de fora como forma de prevenção. Atento nessa nova demanda, empresas de investimentos já tem procurado adicionar esses produtos nos seus serviços.

Investidores não veem com bons olhos investir em infraestrutura no Brasil
Fonte:(reprodução/internet)

De acordo com a Valor Investe, a Vitreo anunciou recentemente ações de grandes companhias norte-americanas em seus recursos oferecidos aos clientes. O que chama a atenção é que são ativos do grupo de investimentos de tecnologia da bolsa Nova Iorquina, Nasdaq.

Dentro das marcas oferecidas estão Google, Amazon, Netflix e Apple. O atrativo é que ações como essas têm crescido no mercado apesar da queda de outros gigantes da economia. Aliás, o ramo tecnológico é o que mais tem se destacado recentemente.

Esperamos que esses bons ventos alcancem outros setores do mercado, e que cheguem até o Brasil para alavancar a nossa economia e para que possamos retomar o crescimento que foi conquistado. Torcemos para que os investidores voltem a ver o Brasil com olhos otimistas.

ANÚNCIO