Indústria brasileira retoma crescimento

ANÚNCIO

O Brasil exibe um setor industrial muito forte, o qual se viu perdendo suas forças com a pandemia. Os meses de março e abril marcaram um retrocesso de mais de 26% no crescimento deste ramo no país.

É possível notarmos que o período que afetou este desenvolvimento foi referente ao tempo em que ocorreu a paralisação da economia mundial, fazendo com que diversas  atividades fossem prejudicadas.

ANÚNCIO

Finalmente, depois de um mês completo em funcionamento, a indústria brasileira apresentou ganhos em junho, segundo os dados divulgados por instituições brasileiras e internacionais . O que resultou em um desempenho superior ao obtido em 2018, quando comparado com o mesmo período.

Indústria brasileira retoma crescimento
Fonte: (Reprodução/Internet)

Saiba qual tem sido o desempenho do setor que é um dos pilares da economia do país. Veja projeções de crescimento para o restante do ano.

Sinais de recuperação

A pandemia desestruturou muitas economias ao redor do mundo, sobretudo a brasileira que vem apresentado várias retrações desde o mês de março. Resultante deste desaquecimento econômico, o recuo do campo de indústria foi desastroso nos meses de março e abril os quais juntos impulsionaram uma baixa de 26,3%.

ANÚNCIO

Com a retomada da economia, o ramo industrial passou a apresentar sinais de recuperação que tinha sido congelada desde fevereiro. De acordo com pesquisa levantada pela instituição britânica IHS Markit, o crescimento foi de 7% em maio, quando comparado ao mês anterior.

Apesar do destravamento nas indústrias, os bons resultados ainda são poucos comparado ao rombo causado no setor durante o período de lockdown. De acordo com informações do IBGE, mesmo com a recuperação, os níveis ainda são rasos seguindo como o segundo pior desempenho depois do apontado no início da pandemia.

Conforme fontes do G1, o otimismo alcançou várias áreas da indústria como por exemplo a produção de automóveis que aumentou em 244,4%, produtos advindos do petróleo (16,2) e industrialização de bebidas que conseguiu zerar o prejuízo com alta de 65,6%

ANÚNCIO

Projeção para o restante do ano

Para os economistas, a pior fase de escassez industrial passou, entretanto, para reaver todas as perdas sofridas demorará um pouco mais. O fechamento do mês de junho soou confiante para a indústria brasileira.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgou um salto de 16,2 pontos, o que resulta num total de 77,6. Dessa forma, os dados são otimistas para uma recuperação, porém, ainda resta a perda de 39,3 pontos a ser reparados.

ANÚNCIO