Ibovespa (IBOV) retoma ganhos após pronunciamento de Guedes

ANÚNCIO

O Ibovespa (IBOV) encerrou o dia com fortes ganhos na última quinta-feira (6), seguindo o otimismo das Bolsas de valores dos Estados Unidos e após pronunciamento de Paulo Guedes, Ministro da Economia.

Guedes reforçou o discurso sobre a criação do imposto sobre transações digitais e declarou que ele não tem relação com uma eventual CPMF.

ANÚNCIO

O ministro também afirmou que o Congresso Nacional é a favor das reformas tributárias e que deve apoiar a execução da agenda econômica para os próximos anos.

Ibovespa (IBOV) retoma ganhos após pronunciamento de Guedes
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja o desempenho das ações após reação positiva do mercado

Rodrigo Maia e Paulo Guedes elevam otimismo no mercado

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, também fez manifestações que gerou sentimento de otimismo no mercado financeiro.

ANÚNCIO

Em entrevista à Rádio Jovem Pan, o parlamentar alegou que não irá conduzir propostas que flexibilizam o teto de gastos e que o governo precisa avançar na reforma fiscal.

“O governo tem que encaminhar reforma administrativa, o governo tem que avançar nos gatilhos do teto de gastos…”, informou Maia durante a entrevista.

Além da manifestação do presidente da Câmara, Guedes segue a agenda de privatização das estatais brasileiras, afirmando que três dessas quatro companhias vão ser desestatizadas nos próximos meses.

ANÚNCIO

Fechamento do Ibovespa (IBOV) após declarações

  • Ibovespa (IBOV): Avanço de 1,29%, a 104.106 pontos;
  • Volume financeiro: 26,265 bilhões de reais;
  • Dólar comercial: alta de 0,93%, venda 5,3429 reais e compra 5,3422;
  • Dólar futuro (setembro) after-market: aumento de 0,62%, cotado a 5,333;
  • DI Futuro (janeiro/2022): recuo de 2%56, a 21 pontos-base;
  • DI Futuro (setembro/2023): baixa de 3,61%, a 19 pontos-base;
  • DI Futuro (janeiro/2020): desvalorização de 5,24%, a 11 pontos-base.

Destaques do último pregão

  • Iguatemi (IGTA3): 4,72%, com ações a 36,63 reais;
  • BRF (BRFS3):  5,03%, a 21,70 reais;
  • Multiplan (MULT3): 5,97%, a 23,24 reais por ação;
  • brMalls (BRML3):  6,78%, a 10,78 reais;
  • Totvs (TOTS): 6,92%, a 27,80 reais.
  • Cielo (CIEL3): 10,67%, a 5,60 reais por ação ordinária (ON).
ANÚNCIO