Ibovespa (IBOV) opera abaixo dos 100 mil pontos

ANÚNCIO

Na sessão desta sexta-feira, o Ibovespa (IBOV) indica alta volatilidade e chega a operar abaixo dos 100 mil pontos. 

O índice segue o resultado misto apresentado pelo mercado internacional com os principais índices da Bolsa dos Estados Unidos divergindo entre avanços e recuos. 

ANÚNCIO

No cenário doméstico, as ações da Vale (VALE3) mostram valorização superior a 5% puxado pela distribuição de proventos aos acionistas. Por outro lado, a Petrobras (PETR3; PETR4) oscila entre ganhos e perdas com o aumento dos estoques de petróleo nos EUA

Ibovespa (IBOV) opera abaixo dos 100 mil pontos
Fonte: (Reprodução/Internet)

Acompanhe os últimos dados do índice da Bolsa brasileira. 

IBOV cai enquanto governo debate tarifas de alimentos

Nesta semana, o Ministério da Justiça notificou a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) a fim de averiguar a alta dos preços dos alimentos. Em contrapartida, o Ministério da Economia mostrou-se insatisfeito com a iniciativa e pediu esclarecimentos ao órgão. 

ANÚNCIO

Enquanto isso, o presidente Jair Bolsonaro declarou que mantém diálogo com o presidente do Banco Central, Roberto campos Neto, e ministros do governo para identificar a causa das sucessivas desvalorizações do Real frente ao Dólar

Neste ínterim, às 14:44, o Ibovespa (IBOV) opera abaixo dos 100 mil pontos sem grandes motivações no radas político e econômica para uma eventual recuperação. 

  • IBOV: baixa de 0,67%, aos 98.174,98 pontos;
  • Dólar: recuo de 0,47%, cotação a R$ 5,2939 (compra) e R$ 5,2952 (venda);
  • Dólar futuro (outubro): queda de 0,42%, a R$ 5,303. 

Depois da Câmara de Comércio Exterior zerar a tarifa de importação de arroz, a expectativa é que o governo avalie o corte da tarifa de importação da soja como forma de contenção às altas dos preços.

ANÚNCIO
ANÚNCIO