Ibovespa (IBOV) fecha em alta após mercado americano sinalizar recuperação

ANÚNCIO

Nesta quinta-feira (19), o Ibovespa (IBOV) fechou em alta de 0,52%, aos 106.665,84 pontos, seguindo o encerramento em Wall Street. O principal índice da Bolsa de valores do país operou entre perdas e ganhos na maior parte da sessão 

Nos EUA, o governo decidiu fechar novamente as escolas de Nova York em razão do avanço do coronavírus na cidade. Em contrapartida, os investidores mantém o otimismo com notícia sobre eficácia das vacinas. 

ANÚNCIO

As farmacêuticas americanas BioNTech (B1NT34) e Pfizer (PFIZ34) afirmaram que sua vacina experimental mostrou 95% de eficácia nos testes. Já a Moderna (M1RN34) declarou que seu imunizante apresentou ser 94,5% eficaz na prevenção do vírus.  

Ibovespa (IBOV) fecha em alta após mercado americano sinalizar recuperação
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja também: Bolsas mundiais e petróleo caem em alerta ao coronavírus

Ibovespa (IBOV) avança e Dólar cai apesar do cenário doméstico

O otimismo no mercado nacional se restringiu às notícias sobre as vacinas contra Covid-19, já que o temor sobre o furo do teto de gastos voltou a rondar os investidores. A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, alertando o país para os riscos fiscais. 

ANÚNCIO
  • Dólar: R$ 5,3121 (compra) e R$ 5,3131 (venda). 

A análise da agência foi baseada no aumento de novos casos de contaminação do vírus no Brasil e nos impasses sobre a política. Apesar da notícia balançar os ânimos, o Dólar comercial fechou em variação negativa de 0,46%. 

AstraZeneca (A1ZN34) divulga novos dados sobre vacina

Os últimos dados da vacina da AstraZeneca (A1ZN34) também animaram o público, já que se mostrou como a principal aposta do governo. A farmacêutica informou que seu imunizante é capaz de imunizar adultos de todas as faixas etárias. 

Também, declarou que a resposta imunológica é eficaz também em idosos com mais de 70 anos, público considerado de risco e que podem apresentar mais gravidade no quadro de Covid-19.

ANÚNCIO

Fique por dentro: Moderna prepara lançamento de vacina com depósito de US$ 1,1 bilhão

ANÚNCIO