Harley-Davidson (HOG) gasta US$ 75 milhões em reestruturação na Índia

ANÚNCIO

A fabricante americana de motocicletas Harley-Davidson (HOG) comunicou que irá interromper suas operações na Índia, abandonando os investimentos no país após se esforçar, sem sucesso, para se firmar no mercado indiano.

De acordo com a CNN, a reestruturação da marca na região envolve custos de US$ 75 milhões. O anúncio ocorreu depois da mídia indiana especular que há um mês os executivos vinham diminuindo sua atuação. 

ANÚNCIO

Em comunicado, a empresa declarou que a mudança para retirar suas fábricas da Índia vem sendo adiada desde 6 de agosto deste ano. 

Harley-Davidson (HOG) gasta US$ 75 milhões em reestruturação na Índia
Fonte: (Reprodução/Internet)

Harley-Davidson (HOG) fecha fábrica devido à reestruturação

Além de render um gasto de US$ 75 milhões, a reestruturação da Harley resultará no fechamento de sua fábrica em Bawal, Índia, e em aproximadamente 70 demissões.

Após a mudança, a empresa comunicou que irá manter apenas um escritório em Gurgaon, ao sul de Nova Deli, para comportar um volume de vendas reduzido.

ANÚNCIO

A Harley afirmou que ainda serão despendidos custos totais de reestruturação de US$ 169 milhões em 2020. Também, a marca cogitou que novos encargos poderão ocorrer devido ao programa criado para coordenar a transição, o “The Rewire”.

No mesmo sentido, outras empresas como Ford Motor (F) e General Motors (GM), que recentemente se envolveu em polêmicas com a também montadora Nikola (NKLA), já diminuíram ou retiraram seus investimentos do país.

Fabricante reduz portfólio de produtos em 30%

Em julho, a empresa tomou medidas para aumentar os lucros reduzindo o portfólio de produtos em 30% e investindo em 50 mercados com potencial de crescimento na América do Norte, Europa e Ásia-Pacífico.

ANÚNCIO

Há anos a fabricante americana vem tentado aumentar as operações nos Estados Unidos, porém não registrou crescimento nas vendas no varejo nos últimos 14 trimestres.

ANÚNCIO