Musical Hamilton se torna uma das peças mais lucrativas da Broadway

ANÚNCIO

Um dos musicais mais influentes da era moderna parece ter ganhado o coração do público no teatro e na TV. Em maio, Lin-Manuel Miranda, criador da peça chamada Hamilton,  anunciou que sua obra teria uma versão cinematográfica feita pela Disney.

A novidade foi recebida com louvor pelo público que pôde assistir a adaptação em casa na última sexta-feira (3).  Mesmo com um dos teatros mais conhecidos do mundo estar com suas portas fechadas, o espetáculo Hamilton na Broadway se tornou um dos mais valiosos.

ANÚNCIO

O conteúdo agora também faz parte da programação da plataforma de streaming Disney+ e conta com a atuação dos atores originais do musical. Para fazer essa transmissão, a empresa de assinatura precisou desembolsar cerca de 30 milhões de dólares para o escritor.

“Hamilton”, de Lin-Manuel Miranda, se torna uma das peças mais lucrativas da Broadway
Fonte: (Reprodução/Internet)

Saiba como o espetáculo Hamilton alcançou lucratividade maior que outras grandes estrelas do teatro nova iorquino.

Parceria com a Walt Disney

Antes mesmo da pandemia, Lin-Manuel Miranda e Robert Iger (CEO da The Walt Disney Company) tinham firmado acordo para adaptar Hamilton aos cinemas. Porém, com o fechamento desses estabelecimentos devido à quarentena, a estreia foi prejudicada.

ANÚNCIO

Por isso, em maio, eles anunciaram em um programa americano que o musical estaria disponível na plataforma Disney+ e com a participação da equipe original de atores. O público pôde ter acesso à programação na sexta-feira, 3 de julho.

“Hamilton”, de Lin-Manuel Miranda, se torna uma das peças mais lucrativas da Broadway
Fonte: (Reprodução/Internet)

A data do lançamento foi pensada para “casar” com o final de semana que é comemorado o Dia da Independência dos Estados Unidos. Segundo uma das investidoras da Broadway, Brisa Trinchero, a adaptação veio num momento em que o mundo precisa da mensagem da obra.

Investimento da Disney

Agora, falando em faturamento, de acordo com a Forbes Brasil, o nova iorquino recebeu cerca de 30 milhões de dólares resultante da parceria com a empresa americana. O acordo também deu ao musical o aumento de sua lucratividade para 1 bilhão de dólares, tornando “Hamilton” uma das atrações mais valiosas da Broadway.

ANÚNCIO

Depois desses números, o ator e escritor também entra para a lista das 100 celebridades mais bem pagas em 2020, com lucros de mais de 45 milhões de dólares. Por fim, é válido lembrar o acesso ao conteúdo requer assinatura na Disney+ e até o momento não existe data para o espetáculo estrear nos cinemas.

História que ganhou o público

A obra Hamilton é um musical que conta com músicas populares dos Estados Unidos em sua trilha sonora, como R&B, hip-hop e soul, misturando esses estilos com os padrões da Broadway. A história gira em torno da história do político norte-americano, Alexander Hamilton.

O destaque da peça reside na crítica aos atos racistas de personalidades conhecidas que eram majoritariamente brancas e detentoras de altos cargos dos Estados Unidos na década de 70 e 80. Esses papéis são interpretados por atores negros, que eleva ainda mais o discurso sobre o preconceito.

“Hamilton”, de Lin-Manuel Miranda, se torna uma das peças mais lucrativas da Broadway
Fonte: (Reprodução/Internet)

O intuito de Miranda ao escrever a peça era de passar a imagem de um país igualitário, colocando artistas afrodescendentes para atuarem como fundadores da América. A primeira filmagem aconteceu em 2016, o que coincidiu com a eleição de Barack Obama, primeiro negro a ocupar o cargo político mais alto do governo americano.

O escritor, que também faz parte do elenco, também coloca em evidência em sua obra a importância dos imigrantes no país. O que também o representa já que é filho de  porto riquenhos e cresceu em um bairro predominantemente latino em Nova Iorque.

ANÚNCIO