General Motors (GM) planeja se tornar líder do mercado americano

ANÚNCIO

A General Motors (GM) está indo com tudo para investir em veículos elétricos, a fim de conquistar uma fatia maior desse mercado. 

A empresa está com planos para dezenas de novos modelos, redistribuição de engenheiros para uma divisão de veículos elétricos (VEs) dedicada e comprometendo US$ 27 bilhões para desenvolvimento de bateria e tecnologia autônoma para superar a Tesla (TSLA) de Elon Musk.

ANÚNCIO

Tesla (TSLA) não foi mencionada em uma apresentação da CEO e presidente da GM, Mary Barra, para a conferência Barclays Global Automotive, mas a mudança de estratégia agressiva da empresa inclui se tornar o líder norte-americano no mercado de tecnologia nos próximos anos.

General Motors (GM) planeja se tornar líder do mercado americano
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja mais: Tesla (TSLA) atinge valor de mercado de US$ 40 bilhões

General Motors (GM) investe em produção e inovação para VEs

Acreditamos que o desenvolvimento de veículos elétricos é fundamental para o crescimento de nossos negócios e a criação de valor para os acionistas, disse Barra. “Estamos empenhados em lutar por participação no mercado de EV até sermos o número um na América do Norte”, concluiu a CEO.

ANÚNCIO

O investimento da GM também vai aumentar a produção de baterias e reformar instalações existentes para mudar para a fabricação de carros e caminhões movidos a bateria, utilizando melhor sua grande rede global de laboratórios de P&D e instalações de teste para esta nova geração de veículos.

A maior montadora dos Estados Unidos planeja lançar 30 modelos movidos a bateria globalmente até 2025, dois terços dos quais estarão disponíveis para clientes norte-americanos de suas marcas Cadillac (CDC), GMC, Chevrolet e Buick.

A GM foi pioneira em carros movidos a bateria, lançando o subcompacto EV1 na Califórnia 24 anos atrás como um dos primeiros veículos de teste. Seu abandono da tecnologia criou uma oportunidade para Musk e Tesla (TSLA) no início dos anos 2000.

ANÚNCIO

Leia também: General Motors (GM) aumenta gastos com veículos para US$ 27 bilhões

Traduzido e adaptado por equipe Folha Capital.

Fonte: Forbes.

ANÚNCIO