Financiamento de imóvel – O que saber antes de negociar?

ANÚNCIO

No Brasil muitas famílias sonham com a casa própria e desejam sair do aluguel, que culturalmente continua sendo um pesadelo para muitos. Agora com as taxas de juros bem baixos dos patamares normais, um financiamento pode estar mais atrativo.

Entretanto, antes de dar início aos negócios é importante se atentar às peculiaridades da transação para que não entre em um mar de dívidas. Afinal, é muito comum se deparar com pessoas entrando numa fria porque não fez uma avaliação prévia das condições. 

ANÚNCIO

Logo, antes do interessado fechar este o negócio é válido saber de algumas informações que podem fazer diferença na proposta de financiamento do imóvel

Financiamento de imóvel - O que saber antes de negociar?Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja também: Investimentos em imóveis – Como investir sem comprar

ANÚNCIO

1. Taxas de financiamento podem variar

Pode ser algo um pouco óbvio para algumas pessoas, mas as taxas de juros do financiamento podem variar de acordo com a instituição financeira. Além disso, esses valores também alteram de pessoa para pessoa. Alguns fatores podem interferir:

  • Renda mensal;
  • Histórico de crédito;
  • Relação com o banco;
  • Estabilidade do emprego.

Idade influencia nas parcelas do negócio

A idade do comprador também reflete nas condições do financiamento, mais especificamente no montante das parcelas. Isto porque é inserido no contrato o seguro de Morte e Invalidez Permanente (MIP) quando se tratar de uma pessoa mais velha. 

Os bancos tomam essa precaução levando em consideração que este público é mais suscetível a problemas de saúde e fragilidades físicas. Logo, existe uma probabilidade maior de ser acometido por doença grave ou até mesmo ir a óbito e, consequentemente, não quitar o financiamento. 

ANÚNCIO
  • O tomador do empréstimo não pode ter mais de 80 anos.

Financiamento de imóvel - O que saber antes de negociar?Fonte: (Reprodução/Internet)

O segundo fator que pode encarecer as parcelas tratando-se de pessoas de idade avançada é o limite de idade para a realização de financiamentos. Para isso, é levado em conta a média de expectativa de vida dos brasileiros que de acordo com um cálculo específico é 76 anos. 

2. CET é mais importante que juros

Outro detalhe importante para avaliar antes de fazer o financiamento de imóvel é o Custo Efetivo Total (CET), isto é, todos os gatos que serão realizados para o negócio. 

  • Taxas;
  • Tarifas;
  • Seguros obrigatórios;
  • Custos operacionais.

Atente-se que a instituição financeira pode oferecer taxas de juros inferiores das demais, mas o CET da operação é maior do que os outros. No final das costas, o que mais importa o Custo Efetivo Total porque é ele que fixará o valor da parcela

Leia mais: 5 passos para economizar dinheiro

É possível fazer a portabilidade do crédito 

Uma informação que a maioria das pessoas desconhecem é que devedor pode migrar o crédito de uma instituição financeira para outra. No entanto, para isso acontecer o banco escolhido deve disponibilizar juros menores. 

Por fim lembre de considerar as demais despesas, pois também são relevantes para o financiamento da casa ou apartamento. Como por exemplo, o imposto que incide sobre a transferência de bens imóveis, ITBI, e as tarifas de avaliação.  

ANÚNCIO