Fed sinaliza juros próximos de zero nos próximos anos

ANÚNCIO

Na última quarta-feira (16), o Federal Reserve (Fed) concluiu sua reunião para debater sobre a política monetária americana, a última antes da eleição presidencial em novembro. 

O banco central dos EUA sinalizou que irá manter as taxas de juros perto de zero para os próximos anos, enquanto prossegue elaborando medidas para a recuperação econômica dos Estados Unidos

ANÚNCIO

Conforme o esperado pelo mercado, o Fed continuou seguindo a abordagem de manutenção das taxas de juros entre 0% a 0,25% ao ano. 

Fed sinaliza juros próximos de zero nos próximos anos
Fonte: (Reprodução/Internet)

Fed pode manter juros perto de zero até 2023

De acordo com o pronunciamento do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, a instituição indicou que prosseguirá fixando as taxas com percentual próximo a zero pelo menos até 2023 como forma de auxiliar a economia do país em meio aos impactos do coronavírus. 

  • Quatro membros do Fed não concordaram com a perspectiva de longo prazo.

As autoridades do banco central americano também divulgaram previsões econômicas trimestrais atualizadas, refletindo uma queda menor do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA e uma taxa de desemprego mais baixa em 2020.

ANÚNCIO

Ainda, Jerome Powell afirmou que embora a recuperação econômica tenha apresentado progresso mais rápido que o esperado, a atividade geral ainda se encontra muito abaixo dos patamares anteriores à pandemia.

Banco Central visa política monetária confortável

Conforme o presidente do Fed, o Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) espera continuar com uma postura confortável para a política monetária até que a inflação atinja uma média de 2%. 

Na última reunião do FOMC, em agosto, Jerome Powell, anunciou uma “atualização robusta” da política em que o Federal Reserve permitirá que a inflação suba ligeiramente acima da meta de 2% traçada para este ano. 

ANÚNCIO

A nova abordagem do banco central para a inflação visa apoiar o mercado de trabalho e a economia em geral, mantendo as taxas de juros mais baixas por um longo período de tempo.

ANÚNCIO