Exportações da China sinalizam forte recuperação

ANÚNCIO

A economia da China vem indicando sinais de reaquecimento, após um longo período de paralisação das atividades comerciais.

O mês de julho marcou a forte recuperação de uma das maiores potências econômicas do mundo, com o resultado recorde nas exportações de algumas matérias-primas.

ANÚNCIO

No primeiro trimestre, o país atravessa uma contração que há muitos anos não era vivida na região. Apesar dos dados positivos para os chineses, os casos de novas contaminação do coronavírus pode frear a onda otimista.

Exportações da China sinalizam forte recuperação
Fonte: (Reprodução/Internet)

Confira as últimas notícias da segunda maior economia global.

Crescimento das operações em julho

  • Atividades de exportação: alta de 7,2%, na comparação anual ante projeção de recuo de 0,2% segundo dados alfandegários;
  • Exportação de produtos têxteis: avanço de 31,3%, quando comparado ao mesmo período de 2019;
  • Comercialização de equipamentos médicos: aumento de 47,3%
  • Importações: queda de 1,4%, contra estimativa dos analistas de crescimento de 1,0%
  • Superávit: 62,33 bilhões de dólares, contra 46,42 bilhões no mês de junho;

Análise de especialistas

De acordo com Oxford Economics, Tommy Wu, o desempenho do mercado chinês está em conformidade com as estimativas dos profissionais.

ANÚNCIO

Segundo os especialistas da instituição, a projeção era de uma recuperação mais incisiva nas operações de exportação do que nas atividades de importação.

No âmbito das exportações, os produtos eletrônicos chineses mostraram crescimento e o comércio de brinquedos e móveis indicaram estabilização no último mês.

Para eles, o recuo nas importações no mês de julho foi reflexo dos preços baixos das commodities. A expectativa está nos projetos de infraestrutura atrelado à recuperação econômica irá fomentar o crescimento da comercialização de produtos do exterior.

ANÚNCIO

Mercado financeiro chinês

Em meio às tensões com os Estados Unidos de Donald Trump, as ações da China encerraram o dia em queda, nesta sexta-feira.

  • CSI300 Index (000300): baixa de 1,2%
  • Índice de Xangai: recuo de 1%
ANÚNCIO